Darlan Romani atinge grande marca e conquista 4° lugar

Prova do arremesso de peso foi espetacular e por pouco o brasileiro não conseguiu um lugar no pódio do Mundial

Darlan Romani, atleta de arremesso de pesoDarlan Romani, atleta de arremesso de peso - Foto: Kirill KUDRYAVTSEV / AFP

O arremessador de peso Darlan Romani, 28, ficou em quarto lugar no Mundial de Atletismo neste sábado (5), em Doha, no Catar. Ele jogou o peso a 22,53 metros, superando seu objetivo particular, de ultrapassar os 22,50 m. Darlan era a principal esperança de medalha para o Brasil no torneio.

O brasileiro chegou a ficar em segundo e esteve entre os três primeiros até a última rodada de arremessos. Foi quando Joe Kovacs assumiu a ponta, com 22,91 metros, e conquistou o ouro. Ele superou o compatriota Ryan Crouser e o australiano Tomas Walsh, ambos com 22,90 metros –a prata ficou com os Estados Unidos pelo critério de desempate (segundo melhor arremesso).

Darlan ainda teve uma última chance, na sua tentativa final, mas precisaria arremessar uma distância que nunca havia feito na carreira. Não conseguiu. Assim como na qualificatória, na qual terminou em segundo, o brasileiro acabou atrás de Walsh.

A final foi disputada em alto nível. Os quatro melhores colocados bateram o recorde da prova. O arremesso de Kovacs igualou o terceiro melhor da história. "Eu estava tranquilo porque o que a gente [equipe técnica] tinha qualificado [como meta] para o ano era arremessar acima de 22,50", disse Darlan ao canal SporTV após a prova, mostrando-se surpreso com a marca dos adversários, mas feliz pelo próprio desempenho.

Leia também:
Darlan Romani avança para final do arremesso de peso
Darlan Romani ganha ouro no arremesso de peso


O brasileiro ultrapassou os 22 metros apenas na última temporada, no Troféu Brasil. Em junho, Darlan entrou no Top 10 de todos os tempos do esporte. Naquele mês, ele arremessou o peso a 22,61 metros, quebrando também o recorde sul-americano.
Além disso, ele foi o quinto colocado na Olimpíada do Rio, em 2016, é bicampeão sul-americano e ganhou a medalha de ouro nos Jogos de Lima. O melhor arremesso de todos os tempos (23,12 metros) pertence ao americano Randy Barnes, e foi obtido em 1990.

Veja também

Novo primeiro-ministro japonês se diz "decidido" a sediar Jogos Olímpicos apesar da pandemia
Jogos Olímpicos

Novo primeiro-ministro japonês se diz "decidido" a sediar Jogos Olímpicos apesar da pandemia

STJD nega pedido do Flamengo e mantém jogo contra o Palmeiras no domingo
Futebol

STJD nega pedido do Flamengo e mantém jogo contra o Palmeiras no domingo