Esportes

De tesouro a 'problema': Sport analisa o que fazer com Rithely

Contrato do jogador com o Internacional se encerra no dia 30 de junho. Pelo alto salário, jogador não deve ficar no Leãoi

Rithely, volante rubro-negroRithely, volante rubro-negro - Foto: Anderson Stevens

O mundo dá voltas e parece que no mundo do futebol ele vive em looping eterno. O que antes era visto como grande tesouro na Ilha do Retiro atualmente é visto como um “problema” a ser resolvido. No Sport desde 2011, o volante Rithely tem o seu contrato de empréstimo com o Internacional se encerrando no dia 30 deste mês e ao que tudo indica o Colorado, não deve exercer a prioridade de compra do atleta ou renovação de empréstimo, com ele tendo que voltar ao Leão.

Tudo ótimo e maravilhoso ter um ídolo de volta para casa, certo? Não é bem assim. Em 2015, quando chegou a receber uma proposta de R$ 20 milhões do futebol chinês, o Sport ofereceu uma renovação até 2019 e um consequente reajuste salarial ao volante.

Leia também:
Sport aguarda Internacional no 'Caso Rithely'
Rithely pode se transferir em definitivo para Inter
Sport oficializa empréstimo de Rithely para o Inter
Negociação com Rithely pode mudar por conta de lesão

Em 2017, esse reajuste foi ampliado, assim como o contrato do atleta, que assinou para ficar na Ilha do Retiro até 2022, com um salário passando a ficar em torno de R$ 220 mil. Na ocasião, a diretoria do Sport anunciou também a compra dos outros 50% dos direitos econômicos do atleta, passando a ter 100% desses direitos. Em 2018, o empresário do jogador acusou o clube de não honrar com o pagamento dessa compra e o processo segue em aberto.

Para a atual diretoria do Sport, não há condições nenhuma de Rithely retornar agora ao clube. Não pela qualidade técnica, mas sim pelo alto salário que o jogador possui, que consumiria praticamente 20% de toda a folha salarial atual do clube, que gira em torno de R$ 1 milhão.

Nos bastidores, a esperança que o Internacional exerça o direito de compra do jogador é quase nula. Vindo de uma lesão que o deixou parado por quase um ano, o jogador ficou apto a retornar apenas nesta temporada, mas jogou somente nove jogos com a camisa do Colorado.

Nesta Série A, por exemplo, atuou em apenas uma ocasião, entrando no decorrer da partida contra o Santos, pela sexta rodada. Por esse desempenho, é pouco provável que o Inter invista qualquer quantia para comprar o jogador.

Nos bastidores, a informação que corre é que o Sport vai esperar pelo Internacional, mas já se movimenta para tentar o empréstimo do atleta a outro clube que esteja disposto a honrar o salário do jogador. Caso contrário, em último caso, uma rescisão amigável não está descartada. O problema? O Sport continua devendo dinheiro ao jogador de gestões passadas.

Veja também

Bia Haddad leva Brasil às semifinais de duplas no Aberto da AustráliaTênis

Bia Haddad leva Brasil às semifinais de duplas no Aberto da Austrália

'Ano de afirmação na minha carreira', fala Alanzinho sobre temporada com a camisa do SportSport

'Ano de afirmação na minha carreira', fala Alanzinho sobre temporada com a camisa do Sport