Esportes

De virada, Brasil perde da Austrália na Copa feminina

Após abrir 2x0, as brasileiras vacilaram e levaram três gols, complicando a situação na Copa do Mundo

Austrália virou o jogo diante do Brasil Austrália virou o jogo diante do Brasil  - Foto: Pascal Guyot/AFP

O Brasil deixou escapar uma vantagem de dois gols, marcados pelas estrelas Marta e Cristiane, contra a Austrália, e acabou sofrendo o primeiro revés na Copa do Mundo da França. Na tarde desta quinta-feira (13), em Montpellier, a seleção foi derrotada por 3x2, resultado que deixa embolada a classificação do Grupo C. As brasileiras seguem como líderes, com três pontos. Mas Itália, em segundo, e Austrália, em terceiro, têm a mesma pontuação. Se tivesse segurado o placar contra as australianas, a seleção estaria classificada para as oitavas com uma rodada de antecedência.

A seleção brasileira entrou na partida com a proposta de segurar bem as investidas ofensivas das adversárias e sair em contra-ataques cirúrgicos. A estratégia funcionou em boa parte do primeiro tempo, com os gols de Marta, de pênalti (27), e Cristiane (38). Mas as australianas conseguiram diminuir ainda na etapa inicial, com Caitlin Foord (46), em uma jogada que nasceu da sua principal arma, a bola aérea. 

Na volta para o segundo tempo, Vadão tirou Formiga e Marta, substituídas por Luana e Ludmila. Segundo ele, "substituições forçadas". O time sentiu as mexidas e, como bem descreveu Cristiane, “desligou”. A defesa passou a ser mais pressionada pelas adversárias e o ataque não fluía, faltava conexão e muitas bolas foram rifadas. Chloe Logarzo (58) e Mônica (66), contra, fizeram os gols que sacramentaram a virada.

“A Austrália não chegou várias vezes com perigo na cara de Bárbara. Acho que, mesmo que tenhamos repetido a atuação do primeiro tempo, os gols do segundo tempo foram lances acidentais”, disse o técnico Vadão. Artilheira do Brasil na Copa, com quatro gols, Cristiane viu diferente. "O time mudou com as mexidas (saídas de Marta e Formiga). Deu uma desligada. E elas começaram a lançar bola na área, que é o forte delas. Tinha que ter mantido do jeito que tava, protegendo atrás e saindo no contra-ataque”, disse ela.

Ao fim da partida, a delegação brasileira ficou na bronca com a arbitragem por causa de um lance já nos acréscimos finais, quando Catley derrubou Andressa Alves na área. A árbitra solicitou o VAR, mas ficou só com a interpretação do árbitro de vídeo, não chegou as olhar imagens, e acabou julgando lance normal.

O próximo compromisso da seleção será na terça-feira (18), contra a Itália, às 16h. No mesmo dia e horário, jogarão Austrália e Jamaica. Diante da grande possibilidade de vitória das australianas, o jogo da seleção contra as italianas será determinantes na classificação final. 

Leia também:
Copa do Mundo: Marta será titular contra a Austrália
Vadão faz mistério sobre presença de Marta e plano B contra Austrália


Ficha do jogo

Brasil 2

Bárbara; Letícia S., Mônica, Kathellen e Tamires; Thaisa, Formiga (Luana) e Marta (Ludmilla); Andressa, Debinha e Cristiane (Bia Zaneratto). T.: Vadão

Austrália 3
Williams; Carpenter, Kennedy, Catley e Kellond-Knight; Van Egmond, Yallop e Logarzo; Gielnik (Raso), Kerr e Foord (Roestbakken). T.: Ante Milicic

Estádio: Stade de la Mosson, em Montpellier (FRA)
Público: 17.032 (torcedores)
Cartões amarelos: Formiga, Luana, Andressa Alves (BRA)
Gols: Marta (BRA), aos 26min, Cristiane (BRA), aos 37min, e Foord (AUS), aos 46min do 1º tempo; Logarzo (AUS), aos 12min, e Mônica (contra, AUS), aos 23 min do 2º tempo

Veja também

Governo britânico autoriza venda do Chelsea para um grupo liderado pelo americano Todd Boehly
Futebol

Governo britânico autoriza venda do Chelsea para um grupo liderado pelo americano Todd Boehly

Sport anuncia saída de Rodrigão
Sport

Sport anuncia saída de Rodrigão