De virada, Uninassau Basquete vence Presidente Venceslau e esquenta briga pela liderança da LBF

A equipe pernambucana derrotou o atual lanterna da competição por 67x63

Lance de jogo do Uninassau BasqueteLance de jogo do Uninassau Basquete - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Após atuação sólida na vitória contra o atual líder da Liga de Basquete Feminino (LBF), Corinthians Pague Menos Americana, a pernambucana Uninassau Basquete superou nos minutos finais o time Presidente Venceslau-SP por 67x63 na noite desta terça-feira (24), no Centro Esportivo do Salesiano, no Recife. A partida foi válida pela quarta rodada. As duas equipes voltam a se enfrentar na noite desta quinta-feira (26), no Recife.

Na segunda colocação ao lado o Santo André-SP, com quatro vitórias e duas derrotas cada, a equipe pernambucana começou o primeiro quarto confiante fazendo boas jogadas, porém não contava com o sistema ofensivo muito bem montado do time paulista. Destaque para a ala-pivô, Izabela Andrade, dona de oito dos 17 pontos marcados pelo Presidente Venceslau no primeiro período. A Uninassau até buscou uma reação e conseguiu finalizar o primeiro período com 16 pontos, um a menos que Venceslau. Méritos da armadora Débora Costa que, com um arremesso espetacular do meio da quadra, anotou mais três pontos para a equipe da casa.

Irreconhecível em quadra, a Uninassau iniciou o segundo quarto errando muito e dando abertura para o adversário abrir vantagem no certame. Mesmo jogando fora de seus domínios e ocupando a última colocação da tabela, a equipe paulista não se intimidou e seguiu dominando o garrafão do time pernambucano. Era o que apontava o placar de 35x28 para Presidente Venceslau.

À frente do placar nos dois primeiros quartos, a equipe paulista viu a Uninassau reagir no terceiro quarto e encostar no placar nos minutos finais. Focada em ajudar a equipe comandada pelo técnico Roberto Dornelas, a ala-pivô Gil Justino foi uma das responsáveis pela reação pernambucana.

No último e decisivo período, a emoção tomou conta da partida. Com uma cesta de dois pontos da cubana Ariadna, as anfitriãs empataram o confronto em 50x50.

Cestinha da partida com 21 pontos e nove rebotes, Gil Justino foi mais uma vez a protagonista da noite ao lado da experimente Kelly, que com uma cesta de dois pontos e um lance livre marcou os três dos quatro pontos finais, dando a vitória para a equipe pernambucana.

Veja também

João Menezes fica perto de vencer, mas leva virada de Cilic em Tóquio
Jogos Olímpicos

João Menezes fica perto de vencer, mas leva virada de Cilic em Tóquio

Zanetti, Caio Souza e Diogo Soares garantem finais individuais na ginástica
Jogos Olímpicos

Zanetti, Caio Souza e Diogo Soares garantem finais individuais na ginástica