Defesa foi calo do Santa no Brasileirão 2016

Adriano Teixeira, no entanto, preferiu dividir o problema dos gols sofridos com todo o elenco

Deputados do PP, Solidariedade, PCdoB, PDT e PROS voltam a debater chapinhaDeputados do PP, Solidariedade, PCdoB, PDT e PROS voltam a debater chapinha - Foto: Divulgação

Com 63 gols sofridos em 36 jogos, uma média de 1,7 tentos levados a cada 90 minutos, o Santa Cruz tem a pior defesa da Série A do Campeonato Brasileiro. Um fator que, para muitos, encabeça a lista de problemas que ocasionaram o rebaixamento do clube à Série B. Mesmo com os números pesando contra o sistema defensivo, o técnico Adriano Teixeira preferiu repartir os erros com os demais atletas da frente.

“Quem defende não é só a defesa. Vai do Tiago (Cardoso) ao Grafite. Não vamos colocar a culpa nela. Temos que conversar e tentar consertar os erros que cometemos para o jogo contra o Grêmio. Quando perde, perde todos. E quando ganha, também. Não adianta procurar culpados pelo que aconteceu durante o Brasileirão”, afirmou.

Já pensando em 2017, o treinador comentou a dificuldade que o Tricolor terá de manter seus principais destaques. Um deles, Keno, já acertou sua saída para o Palmeiras. João Paulo é outro que deve deixar o Arruda. “Sabemos que o próximo ano será complicado. Os jogadores que estão aqui mostraram sua capacidade para permanecer no clube. Infelizmente os resultados não vieram. Sabemos que vamos perder alguns para o próximo ano, mas temos que ver quem realmente vai ficar e quem vai sair. Keno e João Paulo são dois grandes jogadores, que cresceram no Santa. Farão falta, mas o Santa é grande e vamos conseguir outros que tentarão fazer o mesmo ou melhor”, pontuou.

Adriano também negou que o Santa precisa passar por uma reformulação total no elenco. “A oxigenação não pode ser geral. Tem que mesclar e deixar alguns para manter a base, começando a se fortalecer com novos valores. Não adianta começar do zero porque isso é muito prejudicial”, pontuou.

Veja também

Pandolfo evita problematizar situação do Imperatriz e avisa: ‘Estamos focados no jogo’
Série C

Pandolfo evita problematizar situação do Imperatriz e avisa: ‘Estamos focados no jogo’

GPs fora de época fazem F1 se adaptar a frio incomum
Automobilismo

GPs fora de época fazem F1 se adaptar a frio incomum