"Deixamos até a última gota de suor", lamenta goleiro Ospina

"Não dá para reclamar de falta de sacrifício", afirmou Ospina, que chegou a defender o pênalti de Henderson

Goleiro colombiano destacou que atletas devem ficar orgulhososGoleiro colombiano destacou que atletas devem ficar orgulhosos - Foto: Franck Fife/AFP

O goleiro David Ospina quase foi herói da Colômbia nesta terça-feira (3), mas Uribe e Bacca desperdiçaram suas cobranças na disputa de pênaltis e viram a Colômbia ser eliminada da Copa do Mundo pela Inglaterra, nas oitavas de final. O revés por 4x3 veio após empate por 1x1 em 120 minutos.

"Estamos tristes, merecíamos mais pelo que mostramos. Tínhamos um grande rival. Estou orgulhoso dessa seleção, agora temos que levantar a cabeça porque temos muita coisa pela frente. Não dá para reclamar de falta de sacrifício. Deixamos até nossa última gota de suor o tempo todo", afirmou Ospina ao deixar o gramado da Arena Spartak, em Moscou.

Leia também:
Inglaterra bate a Colômbia nos pênaltis e vai às quartas
Goleiro inglês revela pesquisa por pênaltis da Colômbia
James Rodríguez vive noite de torcedor e sai frustrado

"Saímos com a consciência tranquila, nos pênaltis pode acontecer qualquer coisa. Começamos bem, mas depois infelizmente perdemos dois pênaltis. Mas é assim mesmo, temos que estar orgulhosos", pede o camisa 1 colombiano.

A Colômbia, de fato, teve a classificação nas mãos. Ou nos pés, de Uribe e Bacca. A seleção sul-americana chegou a ter vantagem de 3x2 na disputa porque Ospina havia defendido a cobrança de Henderson. Mas aí Uribe ficou na trave, e Bacca parou no goleiro rival, Pickford.

Os ingleses avançam para enfrentar a Suécia nas quartas de final, às 11 horas (de Brasília) deste sábado (7), em Samara. O vencedor pega Rússia ou Croácia na semifinal da Copa do Mundo.

Veja também

Primeiro evento-teste dos Jogos de Tóquio é adiado por dois meses
Olimpíadas

Primeiro evento-teste dos Jogos de Tóquio é adiado por dois meses

Morre ex-piloto de F1 espanhol Adrián Campos, descobridor de Fernando Alonso
Fórmula 1

Morre ex-piloto de F1 espanhol Adrián Campos, descobridor de Fernando Alonso