NBA

Denver Nuggets vence e avança para a final do Oeste

Esta será a primeira final de Conferência de Denver desde 2009, quando foram eliminados para os Lakers de Kobe Bryant

Nikola Jokic e Jamal Murray, destaques do Denver NuggetsNikola Jokic e Jamal Murray, destaques do Denver Nuggets - Foto: Garrett Ellwood / NBAE / Getty Images / Getty

Após abrir 3x1 na série e ter sua vaga na final da Conferência Oeste condicionada a apenas uma vitória, o Los Angeles Clippers perdeu três seguidas (a última na noite desta terça-feira, 15,) e está eliminado da temporada da NBA. Destaque para a partida especular de Nikola Jokic e Jamal Murray. Enquanto o armador anotou sonoros 40 pontos, o pivô ditou o ritmo da partida e fez um triplo-duplo, com 16 pontos, 22 rebotes e 13 assistências.


Quando a temporada se iniciou, os Clippers eram uma das equipes mais aguardadas para se ver em quadra. Após uma boa temporada 2018-2019, a equipe do treinador Doc Rivers fez movimentações ousadas na pré-temporada e fechou com Kawhi Leonard e Paul George. O encaixe prometia uma grande disputa dos dois lados da quadra, mas os jogos vieram e a equipe não parecia empolgar. Ficava a sensação que assim que eles fossem mais exigidos, o serviço entregue seria de melhor qualidade.

No entanto, o que se viu em quadra nesta série foi uma equipe que tinha ótimos jogadores, mas não conseguia encaixar a melhor forma de atuar. Com pouco jogo coletivo e tendo que decidir apenas nas individualidades de suas estrelas, os Clippers sucumbiram diante de um arrumado Denver Nuggets.

A partida foi equilibrada até a metade do terceiro quarto, daí em diante Jokic e Murray fizeram o que quiseram ofensivamente e garantiram os Nuggets na final da Conferência Oeste. Sem conseguir encaixar Montrezl Harrell, sexto homem da temporada, Doc Rivers optou por permanecer com o pivô em quadra e foi “punido” por isso. O craque de Denver se aproveitou da maior estatura e distribuiu diversos passes da “boca do garrafão”. Ele, inclusive, alcançou seu triplo-duplo já no terceiro quarto da partida e foi o primeiro atleta a alcançar este feito em um jogo sete de playoffs na NBA.

Essa classificação, inclusive, será a primeira final de Conferência dos Nuggets desde 2009. Na ocasião, a equipe liderada por Carmelo Anthony, Nenê e Chauncey Billups caiu exatamente para o Los Angeles Lakers, novamente adversário de Denver.

Se em 2009 os Lakers se apoiavam no jogo dos triângulos de Phil Jackson, com Kobe Bryant e Pau Gasol “gastando a bola”. Agora, os Nuggets terão de enfrentar a física equipe liderada por LeBron James e Anthony Davis. Se Jokic terá novamente um papel importantíssimo ofensivamente, defensivamente ele será mais exigido como nunca nesses playoffs. Não apenas ele, como também Paul Missalp deve ter um papel importante para tentar segurar AD.

Conferência Leste

Do outro lado da chave, Boston Celtics e Miami Heat duelaram pelo primeiro jogo da final da Conferência Leste e já mostraram que emoção não vai faltar. Com direito a prorrogação, o Heat bateu os Celtics por 117x114 e abriu a contagem na série. Destaque para o toco decisivo de Bam Adebayo em Jayson Tatum nos últimos segundos da prorrogação para garantir a vitória.

Ainda sem Gordon Hayward, os Celtics tiveram mais uma vez ótima partida de Marcus Smart e Jayson Tatum, que combinaram para 56 pontos. O Heat, por outro lado, se manteve com seu jogo coletivo e quase teve um triplo-duplo do novato Tyler Herro. Foram 12 pontos, 11 rebotes e nove assistências para o calouro que vem se mostrando de extrema valia para a equipe de Miami. 

A série empolga não apenas pelos ótimos atletas em quadra, como também pelos excepcionais treinadores fora dela. Aguardemos quando e como Gordon Hayward voltará a equipe e se isto mudará algo na série. A expectativa para a final do Leste é uma das maiores em muitos tempos.

 

Veja também

Potiguar x Central é antecipado por problemas de iluminação no Nogueirão
Série D

Potiguar x Central é antecipado por problemas de iluminação

Sem pressa, Martelotte prega cautela sobre Gaúcho e diz: ‘expectativa exagerada’
Santa Cruz

Sem pressa, Martelotte prega cautela sobre Gaúcho e diz: ‘expectativa exagerada’