Depois de Formiga, Cristiane também volta à seleção

Atacante tinha se aposentado da equipe no final do ano passado, após a demissão da técnica Emily Lima

Formiga, meio-campista da seleção brasileiraFormiga, meio-campista da seleção brasileira - Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A atacante Cristiane anunciou, nesta terça-feira (27), o seu retorno à seleção brasileira feminina de futebol. A jogadora tinha optado por se aposentar da equipe nacional em setembro de 2017, após a demissão da treinadora Emily Lima. Na ocasião, ela e algumas meninas deixaram a equipe em sinal de protesto contra a saída abrupta de Emily, além de criticarem a falta de atenção da CBF com a modalidade. Na volta, Cristiane disse ter aceito um pedido do técnico Vadão. o.

"Mais uma nova etapa na vida. Na carreira. No prazer de fazer o que eu amo que é jogar futebol. Fui procurada pelo professor Vadão, que me fez um apelo em nome da comissão técnica para eu voltar a servir a seleção brasileira. Foi um pedido para eu voltar. Este não foi o único. Muitas pessoas me procuraram e pediram pela minha volta", escreveu Cristiane em sua conta oficial no Instagram.

Assim, Cristiane se juntará à seleção na Granja Comary para o período de treinos em data Fifa. A ideia do técnico Vadão é contar com a atacante na Copa América, que se realizará em abril, no Chile.

Cristiane foi a principal parceira de Marta na seleção brasileira, a qual defende desde 2003. A jogadora conquistou duas medalhas de prata olímpicas, em Atenas-2004 e Pequim-2008, e dois ouros do Pan-Americano, no Rio-2007 e Toronto-2015.

No sábado (24), Formiga, outra veterana da modalidade, também anunciou seu retorno à seleção. A jogadora, que participará da Copa América, também tinha decidido se aposentar da equipe nacional, mas voltou atrás.

Veja também

Sem Kleina no banco, Náutico recebe Cruzeiro pela Série B 2020
Futebol

Sem Kleina no banco, Náutico recebe Cruzeiro pela Série B 2020

Jair Ventura ressalta importância do tempo que teve para treinar o time
Futebol

Jair Ventura ressalta importância do tempo que teve para treinar o time