Deputado pede apuração de responsabilidades sobre confusão na Ilha

Deputado Edilson Silva (PSOL), protocolou dois requerimentos junto ao Ministério Público de Pernambuco

Edilson SilvaEdilson Silva - Foto: Sabrina Nóbrega/Alepe

O presidente da Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Participação Popular da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), deputado Edilson Silva (PSOL), protocolou na tarde desta quinta-feira (8), dois requerimentos junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE), propondo investigações a cerca das responsabilidades do tumulto que envolveu policiais militares e torcedores do Santa Cruz, no Estádio da Ilha do Retiro, durante o Clássico das Multidões. A confusão nas arquibancadas deixou um saldo de 60 feridos.

Além das requisições, o presidente do colegiado agendou para o próximo dia 21 deste mês, uma reunião pela comissão para tratar sobre o episódio, no qual serão convidados para participar o Comando Geral da PM, MPPE, Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Comissão de Arbitragem da FPF, Juizado do Torcedor e os dois clubes (Sport e Santa Cruz).

Os requerimentos desta quinta, encaminhados ao MPPE, foram protocolados na Promotoria de Defesa dos Direitos Humanos da Capital, no qual um deles propõe investigação a cerca da ação policial durante confronto com torcedores tricolores. “Foi uma ação desprovida de melhor perícia da Polícia Militar, pois era muito provável que qualquer atitude tomada naquela parte do estádio iria repercutir na parte mais baixa da arquibancada. Há responsabilidade de alguns torcedores no que ocorreu, mas o papel do Poder Público é ser mais inteligente do que os atores envolvidos", criticou.

A segunda representação busca que o MPPE apure a conduta da arbitragem do jogo, além dos dois clubes (Sport e Santa Cruz), a cerca da não paralisação da partida para que fosse feito o atendimento adequado às vítimas. Para o parlamentar, faltou solidariedade aos feridos. “Em outros lugares, quando há um sinalizador na torcida, o juiz paralisa o jogo e os próprios torcedores apontam quem está agindo de maneira irregular. Vimos muitas crianças e mulheres feridas nesse episódio, quando o nosso interesse é que os estádios possam ser lugares em que possamos levar nossas famílias”, considerou.

Veja também

Eu vou sempre te aplaudir, diz Pelé no aniversário de Maradona
Homenagem

Eu vou sempre te aplaudir, diz Pelé no aniversário de Maradona

Maycon prega respeito ao Imperatriz e alerta sobre Covid-19: ‘Não é uma simples gripezinha’
Santa Cruz

Maycon prega respeito ao Imperatriz e alerta sobre Covid-19: ‘Não é uma simples gripezinha’