A-A+

Destaque contra o Náutico, Alê Santos fica feliz com estreia

Revelado pelo Rubro-negro, jogador de 20 anos avaliou atuação como positiva e quase desistiu da carreira

Alê Santos foi destaque no empate contra o NáuticoAlê Santos foi destaque no empate contra o Náutico - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Destaque na categoria de base, o volante Alê Santos fez sua primeira partida como profissional no Sport, no último domingo (19), no Clássico dos Clássicos válido pela primeira rodada do Campeonato Pernambucano. Jogando ao lado de Willian Farias, o prata da casa foi um dos melhores em campo pelo lado rubro-negro, apesar do peso do duelo. Depois de quase desistir da precoce carreira, o atleta de 20 anos aprovou a atuação nos Aflitos.

"Avalio minha atuação como positiva. Eu acho que correspondi bem às expectativas criadas. Fiquei nervoso no início, mas Willian estava sempre do meu lado sempre me ajudando, me dando apoio. Quando eu saía um pouco mais, ele mandava eu dar uma segurada, posicionar melhor. Foi importante essa parceria, fico feliz por ter sido um dos melhores em campo e espero poder voltar a jogar outros jogos ao lado dele", relatou o jogador.

Com o técnico Guto Ferreira não podendo contar com 18 jogadores, Alê Santos herdou a vaga que seria de Jean Patrick, recém-contratado. Brigando com Ronaldo pelo espaço, ele soube que ia ser titular no antepenúltimo trabalho visando o clássico. Ele afirmou ter sido pego de surpresa, mas que contou com a confiança do treinador rubro-negro. “Soube que ia jogar na quinta. Tivemos um coletivo na quarta e ele montou o time. Botou eu e Willian. Quando terminou o primeiro tempo, ele me colocou no time reserva. Quando foi no outro dia, ele separou as equipes e me colocou com Willian de novo. Aí pensei: 'Será que eu vou jogar? Acho que esse é o time, né'. Depois ele chegou e falou: 'Estou gostando de você nos treinos, voltou a ser o do ano passado, que jogava, marcava. Você vai iniciar jogando, eu tenho total confiança em você’", comentou o prata da casa.

Leia também:
Pardal aceita pedido de desculpa de torcedor do Náutico
Sport inicia venda de ingressos para jogo contra o Vitória


No Sport desde 2014, e campeão em todas as categorias desde o sub-15, Alê é querido pelos torcedores rubro-negros. Diante do Vitória/PE, nesta quarta-feira (22), na Arena de Pernambuco, ele deve figurar mais uma vez entre os 11 titulares escolhidos pelo técnico Guto Ferreira. Porém, apesar do bom momento, ele por pouco não voltou para a Bahia, onde moram seus pais, e desistiu da carreira de jogador. "Pensei em desistir, voltar para casa, porque 2018 foi muito difícil para mim. Passei o tempo quase todo lesionado. Jogava uma partida e depois ficava alguns fora. Mas por toda estrutura que o Sport tem eu consegui tratar. Voltei fazendo gol, encerrei o ano mais feliz sendo campeão. Se não fosse por isso, acho que teria parado", explicou.

Veja também

61ª edição dos JEPs é encerrada no Parque e Centro Esportivo Santos Dumont
Jogos Escolares

61ª edição dos JEPs é encerrada no Parque e Centro Esportivo Santos Dumont

CBHb divulga convocação da Seleção Brasileira para fase de treinamento na Espanha
Handebol

CBHb divulga convocação da Seleção Brasileira para fase de treinamento na Espanha