Diego celebra sequência no time titular

Zagueiro ganhou espaço com Gilmar Dal Pozzo após saída de Sueliton e lesão de Fernando Lombardi

Diego, zagueiro do NáuticoDiego, zagueiro do Náutico - Foto: Léo Lemos/Náutico

De quinta opção de zagueiro no elenco do Náutico a titular com o técnico Gilmar Dal Pozzo. A vida do defensor Diego Silva sofreu uma metamorfose nos últimos jogos. Até algumas rodadas, o Timbu tinha Sueliton e Camutanga como dupla de zaga. O primeiro foi embora para o Oriente Petroleo, da Bolívia. A chance ficou com Fernando Lombardi, mas o experiente jogador de 37 anos se lesionou. Daí veio Rafael Ribeiro e, logo na primeira oportunidade no time principal, o prata da casa também deixou os gramados por ordem clínica, após se machucar em uma partida diante do Ferroviário. Depois de tantas reviravoltas, Diego finalmente ganhou uma chance. Agarrou e não saiu mais do time.

"Eu vinha de lesão e, quando o professor chegou, eu não estava em atividade. Mas continuei trabalhando para buscar meu espaço, respeitando os companheiros. Não sabemos a hora que a oportunidade vai chegar, então devemos estar sempre preparados", afirmou Diego, titular ao lado de Camutanga nos duelos perante Treze e Confiança. Antes desse período, o jogador só havia entrado em campo uma única vez na Série C, na estreia, contra o ABC, no Frasqueirão.

Leia também:
Negueba é arma do Globo para surpreender o Náutico
Willian analisa crescimento do setor defensivo do Náutico


Diego tratou também de reforçar a união do elenco em busca do maior objetivo da temporada, o acesso à Série B. "Nosso grupo é muito focado, sem vaidade. Até os mais velhos, como nosso vovô coroa, Lombardi. Tem Josa, Jorge Henrique, Wallace, todos exemplos de profissionais. Lombardi, com 37 anos, treina que nem um cavalo. Nós corremos um pelo outro. Ano passado bateu na trave, mas esse ano conseguiremos nosso objetivo", frisou.

Veja também

Thiago Monteiro tem caminho favorável em Roland Garros após vitória
Tênis

Thiago Monteiro tem caminho favorável em Roland Garros após vitória

Fortaleza e Ceará chegam juntos às oitavas de final da Copa do Brasil pela primeira vez na história
Futebol

Fortaleza e Ceará chegam juntos às oitavas de final da Copa do Brasil pela primeira vez na história