Diego Souza buscará afirmação na Seleção

"Vou dar o meu melhor para agarrar essa oportunidade", garantiu o meia rubro-negro

Ídolo do Sport, Diego SouzaÍdolo do Sport, Diego Souza - Foto: Flávio Japa/Folha de Pernambuco

"Vocês são uns traíras mesmo. Ontem (quarta-feira) quando eu dei coletiva a sala estava quase vazia. Hoje (ontem) só porque é Diego Souza isso aqui está lotado". A brincadeira do garoto Everton Felipe com os profissionais de imprensa nesta tarde, no Centro de Treinamento José Médicis, em Paratibe, concede a real dimensão da importância da convocação do meia Diego Souza para a Seleção Brasileira. Artilheiro do último Brasileirão, ao lado de Fred e William Potker, com 14 gols, as chances do rubro-negro eram grandes no anúncio a ser feito por Tite. Por não ser uma "Data Fifa" e por isso só atletas que atuam no Brasil estarem disponíveis para o duelo, a situação ficava ainda mais favorável para DS87.

No período da manhã, o meia-atacante treinava com o elenco leonino quando escutou os gritos do lado de fora do campo: eram os assessores do clube correndo para informar que o seu nome estava na lista para encarar a Colômbia, no dia 25 deste mês, no amistoso que será realizado no Engenhão, em homenagem às vítimas do trágico acidente aéreo com a Chapecoense, em novembro do ano passado. Aos 31 anos, essa é a sua terceira convocação para a Seleção Canarinho. A primeira aconteceu em 2009, para o duelo contra a Bolívia, pelas Eliminatórias, quando muitos achavam que era a grande chance do jogador carimbar seu passaporte para a Copa 2010, na África do Sul. A segunda oportunidade veio em 2011, no Superclássico das Américas, contra a Argentina. "Essa convocação é fruto de um conjunto da obra, desde a estrutura que o Sport me dá até o suporte que tenho dos meus companheiros dentro de campo. Vou dar o meu melhor para agarrar essa oportunidade. Gostaria muito que Rithely fosse também, mas ele vai ter a sua chance também", comentou Diego.

O lado curioso é que o rubro-negro entrou como atacante na lista de Tite, gerando um pouco de espanto dos torcedores. Porém, o jogador já atuou em diversas funções, ganhando projeção como volante, ainda no Grêmio, passando por meia, onde ganhou mais destaque ainda, e ano passado ele aos poucos foi passando a atuar mais próximo do gol, como um segundo atacante. "Se eu fosse chamado como zagueiro já estaria bom demais (risos). Mas não é estranho ir como atacante. No Sport já vinha fazendo praticamente essa função no ano passado", frisou Diego Souza.

Com 14 gols e seis assistências na Série A do ano passado, o jogador esticou recentemente seu contrato com o Sport até o final de 2018, com 50% dos direitos econômicos sendo do Leão. Se por um lado a convocação foi comemorada pelos leoninos, por outro nem tanto. É que o chamado tornou Diego Souza desfalque para a estreia do time na Copa do Nordeste, justamente no dia 25 deste mês, contra o Sampaio Corrêa, na Ilha do Retiro.

Veja também

Salgueiro não participará da Série D 2021 e será substituído pelo Central
Campeonato Brasileiro

Salgueiro não participará da Série D 2021 e será substituído pelo Central

'Estamos esbarrando nos valores', diz Bivar sobre procura por técnico
Sport

'Estamos esbarrando nos valores', diz Bivar sobre procura por técnico