'Difícil encontrar forças para voltar a jogar', diz Neymar

Após a eliminação contra a Bélgica, Neymar usou as redes sociais para comentar sobre momento difícil na carreira

Neymar virou motivo de chacota mundial após a CopaNeymar virou motivo de chacota mundial após a Copa - Foto: JEWEL SAMAD / AFP

Um dia após a Seleção Brasileira ser desclassificada nas Quartas de Final pela Bélgica por 2 a 1 na Copa do Mundo da Rússia, o jogador Neymar lamentou a saída do Brasil do mundial. O comentário foi publicado, no final da manhã deste sábado (7), em seu Instagram. Assim como o camisa 10, outros jogadores também se despediram do campeonato.

Neymar afirmou, por meio de uma publicação em seu perfil oficial no Instagram neste sábado (7), que está sentindo muita tristeza com a consequência depois da derrota por 2 a 1 para a Bélgica. "Posso dizer que é o momento mais triste da minha carreira, a dor é muito grande porque sabíamos que poderíamos chegar, sabíamos que tínhamos condições de irmos mais além, de fazer história. Mas não foi dessa vez. Difícil encontrar forças para querer voltar a jogar futebol, mas tenho certeza que Deus me dará força suficiente pra enfrentar qualquer coisa", escreveu Neymar.

"Muito feliz em fazer parte desse time, estou orgulhoso de todos, interromperam nosso sonho, mas não tiraram da nossa cabeça e nem dos nossos corações", acrescentou o jogador do Paris Saint-Germain.

Neymar deixou a Copa com apenas dois gols marcados e sem conseguir assumir o papel de protagonista da Seleção Brasileira. Depois de ser questionado por simulações, ele teve uma atuação consistente contra o México, nas oitavas de final, quando marcou um gol e criou a jogada que deu origem ao outro.

Leia também:
Neymar vive 2º revés em Copa e vê melhor do mundo distante
Youtuber alemão satiriza quedas de Neymar; veja vídeo
Copa não aceita erros, diz Rivaldo após eliminação
Fernandinho é alvo de ofensas racistas após eliminação do Brasil
Após eliminação da Copa, Temer diz que seleção honrou as cores do Brasil
Técnico da Bélgica diz que surpreendeu o Brasil taticamente


Diante da Bélgica, porém, Neymar falhou ao tentar comandar a Seleção para uma virada. Já nos acréscimos, ficou perto de fazer o gol do empate, mas parou em grande defesa do goleiro belga Courtois. Eliminado, teve que lidar com diversas ironias, incluindo do prefeito de Bruxelas. Também em sua conta no Instagram, Neymar agradeceu aos torcedores que enviaram mensagens de apoio.

APOIO DOS FAMOSOS

Nos comentários da publicação, a atriz Bruna Marquezine, que já tinha postado uma mensagem de apoio ao namorado, comentou com três corações. Além da atriz da novela "Deus Salve o Rei", famosos como a modelo Gisele Bündchen enviaram uma mensagem: "Nós é que temos orgulho de você. Jogou muito", escreveu ela.

O jogador Alexandre Pato também se pronunciou: "Vocês lutaram até o fim. Cabeça erguida. Deus está no comando", escreveu. O ator Rafael Zulu disse que está orgulhoso de toda a seleção brasileira. Apenas as pessoas que Neymar segue no Instagram são autorizadas a fazer comentários em suas publicações.

Assim como Neymar, Douglas Costa também lamentou a perda do último jogo da Seleção. Mas, ao contrário do primeiro, o segundo fez apenas um breve comentário. “Orgulho de ser brasileiro”, diz a publicação do camisa 7, postado na noite dessa sexta-feira (6).

Também no Instagram, Daniel Alves, atual lateral-direita do Paris Saint-Germain e ex-jogador da Seleção Brasileira, publicou um vídeo que diz que mesmo estando fora do mundial, os brasileiros não desistirão de lutar pelo Hexa. “Sei a dor que este grupo está sentido. Sei a dor que está sentindo cada um dos jogadores que fazem parte deste grupo. Sei a dor e a sensação que estou sentindo por eles, mas eu fico com as coisas maravilhosas que este grupo deixa, que é o poder de resgatar esse poder de torcer pela Seleção Brasileira. Não foi desta vez, mas somos brasileiros e não desistimos nunca”, disse em vídeo.

O ex-jogador Rivaldo também demonstrou solidariedade ao time brasileiro. "Primeiramente gostaria de parabenizar a seleção da Bélgica pela vitória e a classificação. Copa do Mundo é assim mesmo, principalmente a partir das oitavas, que é quando a Copa realmente começa. Mundial é diferente de Copa América, eliminatórias ou amistosos. Não aceita erros. Faz parte, é o futebol!", escreveu.

Veja também

Brasil se impõe e goleia Peru em noite de testes de Tite
Copa América

Brasil se impõe e goleia Peru em noite de testes de Tite

Triênio e remuneração dos gestores: Conselho do Náutico propõe mudanças no Estatuto
Futebol

Triênio e remuneração dos gestores: Conselho do Náutico propõe mudanças no Estatuto