Direção se mostra insatisfeita e preocupada com o Santa Cruz

Mesmo com o sinal vermelho ligado na Série C, executivo de futebol do Santa Cruz, Fred Gomes, desabafa: "Não podemos achar que está tudo errado."

Executivo de futebol do Santa Cruz, Fred Gomes Executivo de futebol do Santa Cruz, Fred Gomes  - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

 

Sem vencer há três jogos – um empate e duas derrotas consecutivas – e fora do G4, o Santa Cruz vive uma situação delicada no Campeonato Brasileiro da Série C. Em momento turbulento, o gerente remunerado Fred Gomes se mostrou preocupado com o risco da temporada acabar no dia 12 de agosto caso o clube não termine na zona de classificação. Apesar do temor, o executivo de futebol pregou paciência para reverter o cenário.
“A insatisfação é tanto da diretoria como dos profissionais. Ficamos preocupados porque o Santa Cruz é grande e só tem três vitórias na Série C. Estamos tendo dificuldades e não conseguimos encaixar. Precisamos de uma sequência positiva. A gente se cobra e tenta encontrar um ponto de equilíbrio. Há preocupação, mas temos que ter tranquilidade para seguir em busca do objetivo. Não podemos achar que está tudo errado”, declarou o dirigente tricolor na entrevista coletiva.
Até aqui, a temporada do Santa é marcada por fracassos. Foram três eliminações, sendo duas delas precoces: na primeira fase da Copa do Brasil (para o Fluminense de Feira/BA) e nas quartas de final do Campeonato Pernambucano (para o Sport), além de cair nas quartas de final da Copa do Nordeste (para o ABC/RN).

Leia também: 

Santa Cruz se reapresenta e elenco faz treino regenerativo  

Saídas e lesões reduzem elenco do Santa para restante do ano 

Roberto Fernandes cobra reflexão do elenco do Santa Cruz 

 

Veja também

Espanha desperdiça pênalti e não sai do empate contra Polônia na Eurocopa
Eurocopa

Espanha desperdiça pênalti e não sai do empate contra Polônia na Eurocopa

Brasileiro Feminino: Flamengo bate Avaí/Kindermann no fim e segue vivo
Brasileiro Feminino

Brasileiro Feminino: Flamengo bate Avaí/Kindermann no fim e segue vivo