Diretor de saúde de Liverpool diz que duelo na Champions foi um erro

O jogo, no entanto, pode ter gerado um aumento no número de casos de coronavírus na cidade de Liverpool, local da disputa

Atletico comemora classificação na ChampionsAtletico comemora classificação na Champions - Foto: Paul ELLIS / AFP

Liverpool e Atlético de Madri protagonizaram, no dia 11 de março, um emocionante duelo válido pelas oitavas de final da Champions League (Liga dos Campeões).
O jogo, no entanto, pode ter gerado um aumento no número de casos de coronavírus na cidade de Liverpool, local da disputa. Segundo o The Guardian, naquele dia, a região tinha seis casos de Covid-19 confirmados, e mais de 54 mil pessoas compareceram ao Anfield, estádio do clube britânico.

"Embora nunca vamos saber o número exato, o jogo do Liverpool com o Atlético de Madri pode ter sido um dos eventos que influenciaram a ascensão do coronavírus na região. A decisão de ter a partida não foi certa", afirmou Matthew Ashton, diretor de saúde pública de Liverpool, ao veículo.

Quase um mês depois do confronto, a cidade de Liverpool registra 262 casos da doença. Na Inglaterra, são mais de 38 mil pessoas infectadas -3,6 mil morreram.
"Definitivamente, este deve jogo ser incluído na lista para aprendizado e para uma investigação futura, para que as organizações possam aprender e não cometer erros semelhantes", disse ele.

Leia também:
Liverpool perde para Atlético de Madrid e é eliminado da Champions
Premier League anuncia ajuda financeira a clubes pequenos e ao sistema público de saúde

Veja também

Após convite, Dubeux rechaça chance de concorrer à presidência do Sport
Futebol

Após convite, Dubeux rechaça chance de concorrer à presidência do Sport

CR7 iguala recorde de gols por seleções e classifica Portugal; veja como ficaram duelos das oitavas
Eurocopa

CR7 iguala recorde de gols por seleções e classifica Portugal; veja como ficaram duelos das oitavas