Diretor do Barça diz estar mais próximo de Neymar

Camisa 10 do PSG está em rota de colisão com o clube francês e não deve permanecer para a disputa da temporada

Neymar, atacante do PSGNeymar, atacante do PSG - Foto: Dominique Faget/AFP

O diretor esportivo do Barcelona, Javier Bordas, adotou tom otimista ao falar sobre as negociações entre o clube catalão e o PSG pelo atacante Neymar. "Não há acordo (ainda). Estamos negociando, estamos mais próximos", explicou o dirigente, antes de acrescentar que apresentou uma proposta envolvendo pagamento em dinheiro pelo atacante, mas sem especificar se algum jogador do elenco catalão foi incluído na oferta.

Mais cedo, o jornal "Le Parisien" indicou que o Paris Saint-Germain, por meio de seu diretor esportivo, o brasileiro Leonardo, se comprometeu a responder o Barcelona ainda nesta terça-feira (27) ou no mais tardar na quarta, após o clube espanhol apresentar oferta de 170 milhões de euros (R$ 766,1 milhões), em duas parcelas, para contratar o atacante.

A proposta teria sido feita na reunião entre representantes do clube francês e do espanhol, que durou "várias horas", e foi realizada após Neymar revelar para Leonardo que queria ir para o Barcelona. A oferta, dessa vez, não envolve a ida de nenhum jogador do Barça para o PSG, segundo apontou a publicação. A reportagem destaca que a reunião terminou por volta de 16h30 local (11h30 de Brasília), sem um acordo.

Leia também:
PSG segue 'intransigente' nas negociações por Neymar
Barcelona faz nova proposta para tirar Neymar do PSG
Ex-jogador do PSG diz que Neymar 'cospe' na camisa do clube


O clube da Catalunha foi representado pelo diretor-geral, Oscar Grau, o secretário-técnico Eric Abidal, além do diretor Javier Bordas e o representante do Barça no Brasil, André Cury. Já pelo lado francês estiveram o presidente do clube, Nasser Al-Khelaifi, e o diretor esportivo, Leonardo.

Veja também

Integrante de Organizada é preso por tráfico; 30 respondem por desrespeitar regras na pandemia
Prisão

Integrante de Organizada é preso por tráfico; 30 respondem por desrespeitar regras na pandemia

Mesmo com derrota, Bolívar enxerga poder de reação no Santa
Futebol

Mesmo com derrota, Bolívar enxerga poder de reação no Santa