Diretoria detalha diretrizes para renovações de contrato

Um dos pontos citados é o fato de que, com o acesso à Série B, atletas e empresários tentam negociar salários maiores ou um período contratual mais longo

Dirigentes devem permanecer para biênio 2020/2021Dirigentes devem permanecer para biênio 2020/2021 - Foto: Léo Lemos/Náutico

Há três semanas, o Náutico levantava a taça da Série C do Campeonato Brasileiro 2019. Desde então, o foco do Timbu passou a ser o processo de renovação de suas principais peças. Até o momento, três jogadores tiveram o vínculo ampliado: o lateral-esquerdo Willian Simões, o meia Jean Carlos e o atacante Matheus Carvalho. O trio se juntou ao técnico Gilmar Dal Pozzo na lista dos que estão confirmados para 2020. Nos últimos dias, porém, as negociações tiveram um ritmo mais lento, sem novidades. "Faltam detalhes" é a frase mais usada pela diretoria, empresários e atletas. E esses detalhes foram explicados pelo vice-presidente de futebol do clube, Diógenes Braga.

“Fizemos uma reunião e elencamos as diretrizes. Queremos ter um elenco base no ano que vem, mas não podemos sair negociando com todos. Se decidimos ter uma folha mais modesta, as ofertas salariais também serão. É a política do clube. Da mesma forma que nós estamos negociando com alguns atletas, eles também podem estar conversando com outros clubes. Não vejo uma relação de descontentamento em qualquer um dos lados porque nós estamos cumprindo com as nossas obrigações", afirmou o dirigente.

Um dos pontos citados é o fato de que, com o acesso à Série B, atletas e empresários tentam negociar salários maiores ou um período contratual mais longo. De acordo com Diógenes, o Náutico vai manter uma folha de pagamento enxuta e, por isso, descarta, por exemplo, investir na compra de porcentagem de jogadores.

"Toda negociação precisa de paciência. Você não fecha antes de maturar, mas não queremos que eles fechem conosco sem ter total confiança. Só queremos que eles venham se estiverem convencidos da nossa proposta. Sabemos que, dessa forma, nós corremos riscos de perder negociações, até porque não pretendemos comprar direitos econômicos no momento", argumentou.

Leia também:
Jean Carlos projeta 2020 com mais títulos pelo Náutico
Náutico terá folha de R$ 500 mil na Série B

Veja também

Wawrinka vence Murray na primeira rodada de Roland Garros
Roland Garros

Wawrinka vence Murray na primeira rodada de Roland Garros

Aniversariante do dia, Simona Halep vence na abertura de Roland Garros
Roland Garros

Aniversariante do dia, Simona Halep vence na abertura de Roland Garros