Diretoria e Milton já planejam reforços no Timbu para Série B

Equipe trouxe 14 atletas neste primeiro semestre, mas os resultados no gramado não foram bons

Milton teme também saída de mais atletasMilton teme também saída de mais atletas - Foto: Arthur Mota

O Campeonato Pernambucano ainda não acabou para o Náutico, mas a diretoria não esconde que a Série B do Campeonato Brasileiro é a pauta do momento. O fraco primeiro semestre, com eliminações precoces na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste, serviu de alerta para a elaboração de um novo planejamento para o restante de 2017. Em outras palavras, dispensas e contratações acontecerão em breve.

"Primeiro, precisamos ter calma na hora de trazer os reforços e ver quem não vai ficar. Ainda temos o Pernambucano e precisamos nos classificar para o Nordestão do ano que vem. Já temos uma ideia do que é preciso para a Série B e vamos discutir isso com o treinador", afirmou o diretor de futebol, Marcílio Sales. O técnico Milton Cruz, ao final do jogo contra o Sport, que marcou a eliminação no Estadual, reforçou a necessidade de mais reforços no clube.

"Estamos atrasados porque deveríamos ter visto os jogadores do Campeonato Paulista. Eles poderiam estar aqui já", pontuou. Ao desembarcar no Timbu, o comandante trouxe apenas um atleta, o lateral-direito Sueliton. Todas as outras 13 contratações vieram no período em que o clube era comandado por Dado Cavalcanti.

Salários 

Antes de trazer os reforços, porém, o Náutico precisa resolver um problema: os atrasos salariais. O clube deve o vencimento de março e três meses dos direitos de imagem. “É difícil conseguir patrocinador de peso para ajudar, mas estamos aguardando algumas situações e pedimos paciência a todos", frisou.

Veja também

Veja como o Náutico pode se livrar na próxima rodada do risco de queda à Série C
Futebol

Veja como o Náutico pode se livrar do risco de queda à Série C

McLaren anuncia parceria com dona do Free Fire para jogo de corrida
E-sports

McLaren anuncia parceria com dona do Free Fire para jogo de corrida