Dirigente cita maratona de jogos Náutico e regularizações

Em um mês, Náutico fará nove partidas, entre duelos do Pernambucano, Nordestão e Copa do Brasil

Timbu estreou com derrota na Copa do NordesteTimbu estreou com derrota na Copa do Nordeste - Foto: Paullo Allmeida

Após um início caótico em seu primeiro jogo oficial nos Aflitos na temporada 2019, com a derrota por 3x1 para o Fortaleza, na Copa do Nordeste, o Náutico se prepara para uma maratona de jogos nos próximos 30 dias. Serão nove ao todo. Cinco jogos pelo Campeonato Pernambucano, quatro pela Copa do Nordeste e um pela Copa do Brasil. De acordo com o gerente de futebol alvirrubro, Italo Rodrigues, a tendência é que o Timbu poupe alguns atletas da equipe principal.

“Em algum momento precisaremos fazer isso. Não chamo de um ‘time alternativo’ porque todos podem jogar com a camisa do Náutico, mas no ano passado alguns jogadores do time considerado reserva tomaram a titularidade, como Luiz Henrique e Robinho. Sabemos que chegará um ponto que precisaremos poupar alguns atletas”, disse.

Os três primeiros desafios serão fora de casa. A “semana de visitante” começa no sábado (19), contra o Central, na estreia do Campeonato Pernambucano. Depois, na próxima terça, o desafio será pelo Nordestão, perante o Sergipe. Fechando a lista, o Timbu encara o Sport, no dia 27 deste mês, na Ilha do Retiro, no primeiro clássico local do ano. A tão esperada reação depois de um revés amargo terá que ser longe de casa.

Além dos três citados acima, a equipe vai encarar Petrolina (30 janeiro), Vitória/PE (13 de fevereiro) e Flamengo/PE (16 fevereiro), todos pelo Pernambucano. Na Copa do Nordeste, os duelos acontecerão perante Salgueiro (2 de fevereiro) e Santa Cruz (9 de fevereiro). No dia 12 do próximo mês, será a vez de visitar o Imperatriz/MA, pela Copa do Brasil.

Regularizações

Rodrigues aproveitou também para explicar as situações contratuais de três reforços que ainda não foram regularizados pelo clube, casos dos meias Maylson e Nahuel Cisneros, além do lateral-direito André Krobel.

“Krobel infelizmente foge um pouco da nossa mão porque depende do Goiás e da Tombense/MG. É preciso destravar isso para gerar o contrato até amanhã (sexta), mas a ideia é contar com ele para o jogo de sábado”, afirmou. “Maylson eu acredito que pode sair no BID na sexta. Acreditava que aconteceria a mesma coisa com Nahuel. Fomos ao consulado na Argentina, que exigiu outro documento que só saiu hoje. Dificilmente teremos o nome dele no BID nesta semana”, pontuou.

Leia também:
Goiano repete escalação em treino antes de jogo contra o Central
CBF altera datas de estreias de Náutico e Santa na Copa do Brasil

Veja também

Acompanhe todos os lances de Sport x Bahia, pela Série A do Campeonato Brasileiro
Série A

Acompanhe todos os lances de Sport x Bahia, pela Série A do Campeonato Brasileiro

Com um a mais, Náutico empata com Cruzeiro e garante permanência na Série B
Série B

Com um a mais, Náutico empata com Cruzeiro e garante permanência na Série B