Dirigentes leoninos prestam solidariedade aos familiares de Cléber e Ananias

Atletas da Chapecoense já tinham defendido o Sport

Jair Bolsonaro (PSL) tem larga vantagem nas pesquisas de opinião obre seu oponente, Fernando Haddad (PT) Jair Bolsonaro (PSL) tem larga vantagem nas pesquisas de opinião obre seu oponente, Fernando Haddad (PT)  - Foto: Reprodução/Facebook

O gerente de futebol do Sport, Adelson Wanderley, lamentou a tragédia ocorrida na madrugada desta terça (29) com a delegação da Chapecoense. O avião que transportava atletas, membros da comissão técnica e jornalistas caiu na cidade de La Unión, próximo a Medellín, na Colômbia. Mais de 70 pessoas morreram. Entre as vítimas, dois jogadores que já vestiram a camisa do Sport.

"Cléber foi nosso atleta aqui da base. Era de família humilde, jogou fora do Brasil e em outros clubes aqui. Era uma pessoa querida. Assim como o Ananias, que esteve conosco em 2014. Quieto, bom de ambiente e muito profissional", frisou o dirigente.

O Sport, através de sua assessoria de imprensa, confirmou que o treino desta tarde foi cancelado. No elenco atual, o Leão tem outros dois atletas que já vestiram a camisa da Chapecoense: o lateral-direito Apodi e o atacante Túlio de Melo.

 "Estamos abalados com essa tragédia que repercute de forma intensa no coração de todos os torcedores. Nossas prezes se voltam neste momento para as famílias que perderam seus entes queridos, especialmente para a dos nossos ex-atletas Cléber Santana e Ananias. Além de Paulo Paixão, que perdeu seu filho no acidente. Que deus esteja com todos eles", lamentou o presidente do Sport, João Humberto Martorelli.

Veja também

Lewis Hamilton conquista pole position no GP de Portugal
Fórmula 1

Lewis Hamilton conquista pole position no GP de Portugal

Real Madrid vence Barcelona no Camp Nou e joga pressão para o rival
Futebol

Real Madrid vence Barcelona no Camp Nou e joga pressão para o rival