Tênis

Djokovic diz que Nadal continua sendo favorito em Roland Garros

Enquanto o sérvio é numero um do ranking, o espanhol já conquistou 22 títulos do Grand Slam francês

Tenistas Nadal (esq) e Djokovic (dir)Tenistas Nadal (esq) e Djokovic (dir) - Foto: KENZO TRIBOUILLARD/AFP

Rafael Nadal, apesar de sua eliminação nas quartas de final em Roma, continua sendo "o favorito número 1" de Roland Garros, garantiu Novak Djokovic nesta segunda-feira. A menos de uma semana para o tradicional torneio francês, Nadal, com suas 12 vitórias no saibro parisiense, "continua sendo o que tem mais chances", comentou o vencedor do Masters 1000 em Roma. 

"Mesmo que ele tenha perdido esta semana, é o favorito número 1. Em termos de resultados, você não pode colocar ninguém na frente dele", disse o sérvio. "Mas Diego (Schwartzman) mostrou que Nadal pode ser derrotado no saibro", acrescentou ele sobre o argentino que eliminou "Rafa" nas quartas-de-final em Roma. Especialmente porque Roland Garros ocorre no outono devido à pandemia de coronavírus, as condições de jogo serão diferentes, talvez com chuva, quadras molhadas e quiques mais baixos, disse ele. 

No entanto, Nadal "prefere quiques altos, que faça calor, que a bola se movimente rápido", destacou 'Nole'. "Vamos ver. Vai ser interessante". Djokovic, por sua vez, admite não ter "jogado seu melhor tênis" em Roma. 

"Espero poder elevar o nível de Roland Garros, porque será necessário se eu quiser ir longe. Mas o lado positivo é que saquei muito bem durante todo o torneio e consegui encontrar meu melhor tênis quando eu realmente precisava, nos momentos decisivos", o tenista que hoje detém sozinho o recorde de vitórias no Masters 1000 (36, contra 35 de Nadal). 

Veja também

Náutico contrata volante Antonio Bustamante
Futebol

Náutico contrata volante Antonio Bustamante

Na Arena, Sport perde para o Flu e amarga quinta derrota seguida
Brasileiro sub-20

Na Arena, Sport perde para o Flu e amarga quinta derrota seguida