A-A+

Djokovic e Thiem decidem Aberto da Austrália neste domingo

Número 5 do mundo, austríaco tem a missão de bater o sérvio, "rei da Austrália". Partida acontece às 5h30

Tenista austríaco Dominic ThiemTenista austríaco Dominic Thiem - Foto: Divulgação

Nas últimas três temporadas, os quatro torneios de nível Grand Slam realizados anualmente tiveram apenas três protagonistas principais na chave masculina. O espanhol Rafael Nadal, o sérvio Novak Djojovic e o suíço Roger Federer conquistaram, respectivamente, cinco, quatro e três troféus de majors. Os últimos a conseguirem superá-los foram o suíço Stan Wawrinka e o britânico Andy Murray, ainda em 2016. De lá para cá, ninguém desbancou o “big 3”.

Neste domingo (2), o desafio está nas mãos do austríaco Dominic Thiem, de 26 anos. Ele terá a missão de bater o “rei da Austrália”, como é chamado o sérvio Novak Djokovic, 32, maior campeão do Australian Open, na final da edição 2020 do torneio. O duelo acontece às 5h30 deste domingo (2), com transmissão da ESPN.

Enquanto Djokovic jogará em busca do oitavo título na quadra rápida de Melbourne, Thiem chega à decisão do Aberto da Austrália pela primeira vez. Nas duas últimas temporadas, o austríaco sentiu o gostinho de jogar a final de um Grand Slam em Roland Garros. Em ambas as oportunidades no saibro francês, porém, acabou derrotado por Nadal. O espanhol, inclusive, foi o adversário de Thiem nas quartas de final do Australian Open deste ano, quando ele venceu por 3 sets a 1.

O austríaco apresenta crescimento latente e um título de major já parece algo real na carreira dele, que tem 16 troféus em torneios da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP).

Dezesseis, por sinal, é o número somente de majors já conquistados por Djokovic, que não é chamado de “rei da Austrália” à toa. Fará neste ano a oitava final em Melbourne. E, até o momento, tem 100% de aproveitamento em decisões. O confronto deste domingo será o 11º entre Thiem e Djokovic no circuito, com retrospecto de seis vitórias do sérvio e quatro do austríaco.

Veja também

Veja quem tem contrato com o Santa Cruz para 2022
Futebol

Veja quem tem contrato com o Santa Cruz para 2022

Hélio não comanda Náutico diante do Brasil
Futebol

Hélio não comanda Náutico diante do Brasil