A-A+

DM do Náutico atualiza situações de Hereda, Diego e Jhonnatan

Trio não participou do jogo-treino da última quarta (18), na vitória por 2x0 diante do CSP/PB

Diego Silva, zagueiro do NáuticoDiego Silva, zagueiro do Náutico - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Três jogadores da base titular do Náutico da temporada 2019 não participaram do primeiro jogo-treino do clube na pré-temporada 2020, na última quarta (18), contra o CSP/PB, no CT Wilson Campos. O lateral-direito Hereda, o zagueiro Diego Silva e o volante Jhonnatan se recuperam de suas respectivas lesões e seguem fora das atividades. Para alguns, o retorno está próximo, enquanto para outros a recuperação será mais prolongada. O médico alvirrubro, Gilson Falcão, analisou a situação clínica do trio.

"Diego veio com um desconforto no púbis. Iniciou tratamento com a fisioterapia, teve boa evolução e está se aproximando da fase final do tratamento. A gente tem expectativa boa com relação a ele. Jhonnatan tinha uma lesão grau dois na coxa esquerda. Apresentou boa evolução. Está fazendo atividade física sob a supervisão da fisioterapia. Já Hereda tem um desconforto na região adutora de ambas as coxas. O exame de imagem detectou um edema e ele está tratando com a fisioterapia. Ainda não temos previsão da liberação do atleta", afirmou.

Um dos atletas na lista do DM, Diego destacou a importância da recuperação no início de pré-temporada para chegar bem fisicamente em 2020. "Foi uma necessidade esse reforço que estou fazendo. Tive um desequilíbrio muscular, mas estou fazendo o isocinético para voltar o mais rápido possível. Claro que eu queria estar jogando, mas isso é por uma boa causa. O ano é bastante comprido, então foi melhor perder um mês fora dos gramados para poder ganhar tudo no ano que vem", afirmou o zagueiro, que também teceu elogios aos companheiros de defesa, em especial um atleta que regressa ao Timbu.

"Ninguém tem cadeira cativa no clube. Não adianta ter a perspectiva de voltar a ser titular, mas sem mostrar trabalho dentro de campo. Acredito que quem está chegando, como Ronaldo e outros que estão treinando, como Lombardi e Rafael, estão brigando pelo espaço. Tive a oportunidade de trabalhar com Ronaldo em 2012 e 2015. Sem palavras, um cara de grupo e que vai nos ajudar muito", apontou.

Leia também:
Náutico vence CSP/PB por 2x0 em jogo-treino
Náutico consegue acordo e poderá registrar atletas

Veja também

Com brilho brasileiro, Real Madrid transforma Barcelona em "freguês" após 56 anos
Futebol internacional

Com brilho brasileiro, Real Madrid transforma Barcelona em "freguês" após 56 anos

Última vaga para quadrangular do acesso será definida nesta segunda (25); confira cenários
Pernambucano A2

Última vaga para quadrangular do acesso será definida nesta segunda (25); confira cenários