Dorival diz que Gabigol pode estar com problema de adaptação na Itália

Atacante não tem atuado com frequência na Internazionale

Vereador Marcos Di Bria (PSDC)Vereador Marcos Di Bria (PSDC) - Foto: Divulgação

Dorival Júnior está feliz com o seu time, que chegou à vice-liderança do Campeonato Brasileiro. No entanto, o treinador do Santos ainda é questionado sobre um ex-jogador: Gabigol. Em entrevista ao canal Fox Sports nesta quarta (16), o treinador contou que não se meteu na negociação do atacante, mas aconselhou Gabigol antes da transferência com a Inter de Milão ser acertada.

"Eu não interfiro nas negociações. Eu coloquei para o Gabriel que o ideal para ele seria assumir a posição de titular no Santos antes de sair. Há menos de um ano, quando a negociação foi fechada, eu coloquei para ele que não seria o momento ideal para ele ir, porque ele precisaria ser titular da equipe por um tempo maior", comentou o treinador, que ainda opinou sobre o momento do atacante na Itália.

"Hoje, eu não acredito que sejam questões físicas o problema. O Gabriel é diferenciado fisicamente. Eu não vejo problema nisso. Talvez adaptação, o momento que ele chegou no campeonato, com a equipe em formação. O Gabriel tem uma grande vantagem sobre a maioria dos jogadores brasileiros pelo porte que ele tem", analisou.


Dorival ainda falou sobre a seleção brasileira, elogiando muito Tite. "Não vamos fazer comparações e nem criticar o que o Dunga vinha fazendo. Tudo é momento, sequência. Vamos reconhecer o grande profissional que o Tite é, mais que preparado para esse momento. Eu chamo atenção para outra situação: que não estejamos totalmente satisfeitos, mas que fiquemos preocupados com tudo o que falávamos nos últimos tempos, a melhora do trabalho da CBF com os clubes, temos que colocar mais o dedo na ferida sobre isso para que a gente não fique vivendo de momento. Eu acho que estamos vendo uma seleção reagindo, agora vamos buscar outros detalhes para consolidar o futebol brasileiro. Temos que consolidar a formação dos atletas, esses profissionais que vão chegar", avaliou.

Sobre o Santos, Dorival Júnior ressaltou que 2016 foi um ano vencedor para a equipe. "Uma equipe brasileira colocar seis jogadores em suas seleções é mais do que uma conquista", ressaltou.

Veja também

Para reagir na Série A, Sport busca surpreender Atlético/MG, no Mineirão
Brasileirão

Para reagir na Série A, Sport busca surpreender Atlético/MG, no Mineirão

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana
Sulamericana

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana