Duelo de favoritos que provocam dúvidas

Argentina e França travam confronto pelas oitavas de final depois de atravessar 1ª fase que gerou mais incertezas do que conviccções

França x Argentina abrem as oitavas de final da Copa do MundoFrança x Argentina abrem as oitavas de final da Copa do Mundo - Foto: Gabriel BOUYS, Anne-Christine POUJOULAT / AFP

A Argentina de Lionel Messi contra a França de Antoine Griezmann, Kylian Mbappé e Paul Pogba: alvicelestes e 'Bleus', duas seleções favoritas ao título se enfrentam pelas oitavas de final da Copa do Mundo, neste sábado, em Kazan, depois de uma fase de grupos que gerou mais dúvidas que certezas.

A França, finalista da Eurocopa-2016, avançou como primeira colocada no Grupo C, mas seu estilo de jogo pouco atrativo, em um elenco repleto de talentos, não deixou os torcedores satisfeitos. Agora enfrentará a Argentina de Messi, que renasceu contra a Nigéria, na última rodada do Grupo D, com uma vitória de 2x1 e um gol nos últimos minutos que elevou o espírito, a ilusão e a confiança de um time até então desacreditado.

"A França é um grande rival, com grandes jogadores. Temos respeito, mas nos sentimos muito bem. Acredito que depois da vitória contra a Nigéria nos sentimos muito mais fortes e com confiança. Sabemos que temos uma grande seleção, com grandes jogadores e com confiança somos uma grande equipe", afirmou Federico Fazio.

Após um início complicado, com um empate de 1x1 contra a Islândia na estreia e uma derrota de 3x0 para a Croácia na segunda rodada, a Argentina venceu a Nigéria por 2x1, com direito a um gol de Messi, conseguiu a vaga nas oitavas e a torcida espera um novo começo na fase eliminatória, com o título e um final feliz.

O meia Enzo Pérez treinou na sexta-feira, depois de ser poupado na véspera, e o técnico Jorge Sampaoli, muito criticado em seu país, deve repetir a escalação que venceu a Nigéria, com Franco Armani no gol, Éver Banega e Pérez ao lado de Javier Mascherano no meio e com Di María e Higuaín como companheiros de Messi no ataque. Armani treinou pênaltis, como preparação para uma eventual definição após uma prorrogação

Parar Messi

A França empatou em 0x0 com a Dinamarca na terceira rodada do Grupo C e, desde então, está obcecada com uma coisa: como parar Messi. Em um Mundial apagado para Ángel Di María e Gonzalo Higuaín até o momento, as esperanças argentinas estão nos pés de "La Pulga". E os franceses querem fazer o possível para evitar tal situação.

"Não acredito que exista ninguém na Terra que possa encontrar um remédio para parar Messi. Será algo mais coletivo", resumiu o zagueiro Presnel Kimpembe, companheiro no Paris Saint-Germain do argentino Giovani Lo Celso. Para Samuel Umtiti, colega time do craque argentino no Barcelona, Messi "tem um toque técnico que ninguém mais tem".

Uma final nas oitavas

Dois campeões mundiais, frente a frente, nas oitavas de final. Dois favoritos antes do início da Copa, mas que provocam dúvidas com suas atuações e poucos gols. O vencedor do confronto enfrentará nas quartas de final a seleção classificada do duelo entre Portugal e Uruguai.

"Enfrentamos um grande rival, uma grande seleção, que vem invicta da fase de grupos. Mas sabemos que somos uma seleção importante, que temos nossas armas e acredito que vai ser uma grande partida", disse Lo Celso, companheiro no PSG de Kylian Mbappé, Kimpembe e Alphonse Aréola.

Pogba, jogador do Manchester United e um dos craques da seleção francesa, falou sobre a motivação para a partida. "Claro que queremos derrotá-los, queremos passar, mas também queremos acabar com as dúvidas que muitas pessoas têm sobre a nossa equipe, de que a seleção da França não vai passar contra a grande equipe da Argentina. Vamos ver, é um bom teste para o nosso time".

FICHA DE JOGO 

Argentina

Franco Armani; Gabriel Mercado, Nicolás Otamendi, Marcos Rojo, Nicolás Tagliafico; Javier Mascherano, Enzo Pérez, Éver Banega; Ángel Di María, Gonzalo Higuaín e Lionel Messi. Técnico: Jorge Sampaoli.

França

Hugo Lloris; Benjamin Pavard, Raphael Varane, Samuel Umtiti, Lucas Hernández; N'Golo Kanté, Paul Pogba, Blaise Matuidi; Antoine Griezmann, Kylian Mbappé e Olivier Giroud. Técnico: Didier Deschamps.

Local: Arena Kazan
Horário: 11h.
Árbitro: Alireza Faghani (Irã).
Assistentes: Reza Sokhandan (Irã) e Mohammadreza Mansouri (Irã).
Transmissão TV: Globo, Sportv e Fox Sports.

Veja também

Brasileiro Feminino: Flamengo bate Avaí/Kindermann no fim e segue vivo
Brasileiro Feminino

Brasileiro Feminino: Flamengo bate Avaí/Kindermann no fim e segue vivo

Sorteio define confrontos pelas oitavas do Brasileiro Feminino A2
Futebol Feminino

Sorteio define confrontos pelas oitavas do Brasileiro Feminino A2