Futebol

Dupla paraguaia: Paiva analisa futura parceria com Brítez

Jogadores já atuaram juntos nas categorias de base do Olímpia, do Paraguai, antes de se reencontrarem no Timbu

Paiva, atacante do NáuticoPaiva, atacante do Náutico - Foto: Caio Falcão/CNC/Divulgação

O Náutico construiu, nos últimos anos, uma "parceria" com o futebol paraguaio. Jiménez, Ortigoza e Guillermo Paiva foram os nomes mais recentes vindos do país para jogar no futebol brasileiro (e pernambucano) com a camisa alvirrubra. Um atleta que em breve também começará a escrever sua história no Timbu é o meia Júnior Brítez. Contratado durante a paralisação dos campeonatos, por conta da pandemia do novo coronavírus, o jogador ainda não estreou com pela equipe, mas já pode dizer que tem entrosamento com uma das peças do elenco.

Brítez e Paiva atuaram juntos nas divisões de base do Olímpia, do Paraguai, jogando uma partida também no time profissional. Agora, a expectativa é de reconstruir a parceria para ajudar o Náutico na temporada 2020. "A gente sabe que jogar fora do país não é ruim, mas você fica querendo ter um amigo do seu país. Acho que eu e ele vamos nos sentir melhor, com mais vontade de trabalhar. É bom ter um amigo como ele, a gente jogou muito tempo junto lá no Paraguai e agora estamos de novo junto, fora do país, no mesmo time, um time bonito, grande. Estamos muito felizes. Ele me ajuda e eu o ajudo”, afirmou Paiva.

 

O atacante também acredita que, assim que os campeonatos forem retomados, o Náutico voltará ainda mais forte. “Acho que o time vai voltar melhor, porque se tem uma saudade de jogar. Ficar parado 90 dias é ruim, mas os caras estão com essa vontade de dar o melhor. Agora dá para pensar e retomar a força”, finalizou, deixando claro qual era a maior ansiedade durante o período de trabalhos em casa, longe do CT Wilson Campos.

"A maior saudade é estar em campo. Estávamos treinando forte, mas não é a mesma coisa do que trabalhar no gramado, com os amigos. Mas como foi uma coisa única no mundo, a gente precisava fazer isso. Quando os jogos voltarem, será nossa felicidade completa", finalizou.

Veja também

Um a cada 10 gols do Brasileiro tem o carimbo da 'Lei do Ex'
Campeonato Brasileiro

Um a cada 10 gols do Brasileiro tem o carimbo da 'Lei do Ex'

Remendado, líder Santa visita o Manaus em confronto inédito pela Série C
Santa Cruz

Remendado, líder Santa visita o Manaus em confronto inédito pela Série C