Esportes

Dutra pede demissão do Santa e se queixa do planejamento

Dutra entrega o cargo após quatro meses treinando as divisões de base do Santa Cruz (Sub-20 e Sub-23) e encerra a sua curta passagem no Arruda com apenas dois jogos oficiais

Ex-lateral esquerdo Dutra Ex-lateral esquerdo Dutra  - Foto: Santa Cruz/Divulgação

 

Após um pouco mais de quatro meses dirigindo o Sub-20 e o Sub-23 do Santa Cruz, o técnico Dutra pediu demissão. Em rápida conversa com a reportagem da Folha de Pernambuco, o profissional, de 44 anos, se mostrou insatisfeito com o projeto do clube e por isso decidiu entregar o cargo neste sábado (16). Durante a curta passagem no Arruda, ele só disputou duas partidas oficiais: empatou em 0x0 com o Sport, na Ilha do Retiro, na estreia do Campenato Brasileiro de Aspirantes (Sub-23), e perdeu para o América por 1x0, no estádio Ademir Cunha, em Paulista, pela 1ª rodada do Campeonato Pernambucano Sub-20.

"Minha saída do Santa está confirmada. Não concordei com algumas situações do planejamento do clube e do próprio projeto. Por conta dos problemas, entreguei o cargo e já deixei o Arruda", declarou. Com o desligamento de Dutra, o treinador do Sub-15, Rômulo Oliveira, assume interinamente o comando das categorias Sub-20 e Sub-23, com o auxílio de Ataíde Macedo, coordenador técnico do elenco profissional. 

Em busca de um recomeço da base, o Santa apostou no ex-lateral-esquerdo Dutra para assumir o comando técnico, mas o trabalho não durou muito tempo. Segundo informações apuradas pela Folha de Pernambuco, o estilo do treinador também não estava agradando ao Santa Cruz.

Trajetória

Foram 21 anos como atleta profissional. Dutra defendeu grandes clubes brasileiros como Santos, Coritiba e América/MG. Ele também acumula uma passagem pelo Sport. Na Ilha do Retiro, disputou sete temporadas e foi ídolo da torcida com a conquista da Copa do Brasil em 2008. Já no Santa Cruz, sagrou-se campeão pernambucano em 2011 e ainda jogou no ano de 2012. O seu último clube da carreira foi o Yokohama Marinos, do Japão, onde se aposentou. Após pendurar as chuteiras em 2014, exatamente no dia 22 de julho, ele começou uma nova trajetória. Concluiu o curso da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de base e virou assistente-técnico do Sport no ano passado após convite de Daniel Paulista, mas só passou três meses no cargo. Este ano, Dutra aceitou o desafio de orientar a garota tricolor.

Leia também: 

Técnico do Sub-20, Dutra aposta no recomeço da base coral 

Sport e Santa empatam em clássico na estreia do Sub-23 

 

Veja também

Luan analisa diferenças entre trabalho de Leston e Martelotte
Futebol

Luan analisa diferenças entre trabalho de Leston e Martelotte

Loud e Vivo Keyd disputam prêmio de quase R$ 10 milhões na final do Free Fire World Series
FREE FIRE

Loud e Vivo Keyd disputam prêmio de quase R$ 10 milhões na final do Free Fire World Series