Dutra pede demissão do Santa e se queixa do planejamento

Dutra entrega o cargo após quatro meses treinando as divisões de base do Santa Cruz (Sub-20 e Sub-23) e encerra a sua curta passagem no Arruda com apenas dois jogos oficiais

Ex-lateral esquerdo Dutra Ex-lateral esquerdo Dutra  - Foto: Santa Cruz/Divulgação

 

Após um pouco mais de quatro meses dirigindo o Sub-20 e o Sub-23 do Santa Cruz, o técnico Dutra pediu demissão. Em rápida conversa com a reportagem da Folha de Pernambuco, o profissional, de 44 anos, se mostrou insatisfeito com o projeto do clube e por isso decidiu entregar o cargo neste sábado (16). Durante a curta passagem no Arruda, ele só disputou duas partidas oficiais: empatou em 0x0 com o Sport, na Ilha do Retiro, na estreia do Campenato Brasileiro de Aspirantes (Sub-23), e perdeu para o América por 1x0, no estádio Ademir Cunha, em Paulista, pela 1ª rodada do Campeonato Pernambucano Sub-20.

"Minha saída do Santa está confirmada. Não concordei com algumas situações do planejamento do clube e do próprio projeto. Por conta dos problemas, entreguei o cargo e já deixei o Arruda", declarou. Com o desligamento de Dutra, o treinador do Sub-15, Rômulo Oliveira, assume interinamente o comando das categorias Sub-20 e Sub-23, com o auxílio de Ataíde Macedo, coordenador técnico do elenco profissional. 

Em busca de um recomeço da base, o Santa apostou no ex-lateral-esquerdo Dutra para assumir o comando técnico, mas o trabalho não durou muito tempo. Segundo informações apuradas pela Folha de Pernambuco, o estilo do treinador também não estava agradando ao Santa Cruz.

Trajetória

Foram 21 anos como atleta profissional. Dutra defendeu grandes clubes brasileiros como Santos, Coritiba e América/MG. Ele também acumula uma passagem pelo Sport. Na Ilha do Retiro, disputou sete temporadas e foi ídolo da torcida com a conquista da Copa do Brasil em 2008. Já no Santa Cruz, sagrou-se campeão pernambucano em 2011 e ainda jogou no ano de 2012. O seu último clube da carreira foi o Yokohama Marinos, do Japão, onde se aposentou. Após pendurar as chuteiras em 2014, exatamente no dia 22 de julho, ele começou uma nova trajetória. Concluiu o curso da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de base e virou assistente-técnico do Sport no ano passado após convite de Daniel Paulista, mas só passou três meses no cargo. Este ano, Dutra aceitou o desafio de orientar a garota tricolor.

Leia também: 

Técnico do Sub-20, Dutra aposta no recomeço da base coral 

Sport e Santa empatam em clássico na estreia do Sub-23 

 

Veja também

Jair Ventura ressalta 'melhor segundo tempo' do Sport em 'final de Copa do Mundo'
Sport

Jair Ventura ressalta 'melhor segundo tempo' do Sport em 'final de Copa do Mundo'

Hélio agradece jogadores e afirma não ter deixado de acreditar na permanência
Náutico

Hélio agradece jogadores e afirma não ter deixado de acreditar na permanência