Sport

Eleições no Sport: confira entrevista com o candidato Milton Bivar

Dirigente busca reeleição para o biênio 2021/22 e representa a chapa "Sport de Primeira"

Milton Bivar busca reeleição no SportMilton Bivar busca reeleição no Sport - Foto: Kleyvson Santos/Arquivo Folha

Dando fim ao ciclo de entrevistas com os candidatos à presidência do Sport para o biênio 2021/22, a Folha de Pernambuco traz, nesta quinta-feira (4), o planejamento do atual presidente licenciado do clube e que busca a reeleição, Milton Bivar. O dirigente pode ser o chefe do Executivo do Leão pela terceira vez na história e representa a chapa "Sport de Primeira". 

Motivo para tentar reeleição

Senti que meu trabalho ainda faltava muita coisa para ser concluído. Minha missão não está completa, ainda falta alguma coisa. Principalmente proteger o Sport de algumas pessoas que pretendem gerir o clube. Além disso, quero oder continuar o trabalho, com responsabilidade para tirar o clube da lama que se encontrava. Já melhorou bastante, mas falta muita coisa.

Dívidas e problemas na Justiça

Vamos para cima. Não podemos colocar os problemas sob o tapete. Temos que enfrentar as situações como temos feito. Só assim a gente consegue cumprir a missão de recuperar o clube.

Planejamento futebol profissional

O planejamento é de contratar, errar menos em contratações, porque quando se contrata dez jogadores, você certamente não vai acertar nos dez. Sempre tem um que não vai render às expectativas. Isso é uma coisa natural, vamos ter dificuldades, não podemos formar dois, três times para participar de quatro competições. Temos que se preparar aos poucos. Se querermos ganhar tudo, não vamos ganhar nada. 

Planejamento base

A base foi um sucesso, muito bem trabalhada. Vamos melhorá-la mais ainda. Esse ano com mais recursos, devemos reforçar o time de cima e também o da base. Vamos investir pesado em ambos.

Planejamento esportes olímpicos

Já temos um projeto que está nas mãos do nosso vice-presidente da pasta, ele está trabalhando muito bem. Estão com um projeto para colocar em prática. Vamos procurar patrocínios para cada um esporte. Esses dois anos do meu mandato, a gente conseguiu patrocínios individuais e foi um sucesso.

Patrocínios

O momento é difícil devido à pandemia. As empresas estao descapitalizadas, mas já temos, vamos dizer assim, uma possível reformulação do nosso departamento de marketing. Porém, o que os meninos fizeram, Diogo Noronha e Rafael Soares, tiraram leite de pedra, principalmente em eventos e contratos feitos, que contribuíram para nossa permanência na Série A. 

Patrimônio

De cara, a gente vai precisar dar um arrumada no CT, nos gramados. Vamos investir em gramados artificiais, tanto para o CT, como para o auxiliar da Ilha. Vamos trocar as cadeiras cativas da Ilha, mais de cinco mil. Conseguimos recuperar algumas, mas a grande maioria está enferrujada, estado lamentável. Ao longo desses anos não tiveram a sensibilidade de recuperá-las.

Sócio-torcedor

A gente vai ter que dar uma estudada nisso. Com a pandemia, o torcedor não pôde frequentar o clube. O parque aquático foi recuperado, está uma beleza. Estaremos inaugurando em breve, estou muito feliz. Vamos tornar os planos mais acessíveis, por não poder oferecer, neste momento, o jogo de futebol, que é onde eles têm o desconto. Precisamos fazer o trabalho para aquele associado de menor poder aquisitivo. Ele precisa ter acesso ao clube e contribuir com um valor mais razoável.

Veja também

Torcida silenciosa no futebol japonês mostra o que esperar do público na Olimpíada
Tóquio 2021

Torcida silenciosa no futebol japonês mostra o que esperar do público na Olimpíada

Hamilton e Verstappen fazem 'segundo round' no GP da Emilia-Romagna
Fórmula 1

Hamilton e Verstappen fazem 'segundo round' no GP da Emilia-Romagna