Elenco enxerga Santa Cruz forte para a Série C

O intervalo de um pouco mais de duas semanas até a estreia na Terceirona é visto com bons olhos pelo elenco, que comemora o tempo livre para treinar

Júnior Rocha, técnico do Santa CruzJúnior Rocha, técnico do Santa Cruz - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Com o jogo de ida das quartas de final da Copa do Nordeste previsto só para o dia 2 de maio – adversário do mata-mata será sorteado na próxima segunda-feira – , o Santa Cruz vira a chave e começa a preparação para o Campeonato Brasileiro da Série C, principal foco do clube na temporada 2018. O pontapé inicial da Cobra Coral em busca da volta à Segunda Divisão – o acesso é o maior objetivo do planejamento – é logo contra o rival Náutico. De acordo com a tabela da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Clássico das Emoções está marcado para 15 de abril, na Arena de Pernambuco.

Leia também:
Sem fonte de receita, Santa Cruz volta a atrasar salários
Único invicto, Santa dá pausa no Nordestão e espera sorteio
Santa lança campanha para torcida bancar reforço de peso
Após proposta, Vinícius rescinde contrato e deixa o Santa

O intervalo de um pouco mais de duas semanas até a estreia na Terceirona é visto com bons olhos pelo elenco, que comemora o tempo livre para treinar. O zagueiro Genilson, um dos líderes e capitães do grupo, enxerga o Santa forte para a disputa do Brasileirão e acredita na subida de divisão. No entanto, não coloca o Tricolor como favorito na competição.

“Vejo que estamos fortalecidos. Não é por causa da oscilação na temporada que vamos deixar de confiar no acesso, que é o nosso principal objetivo no ano. Agora precisamos trabalhar, mas creio que temos progredido. Vamos ter de lutar por espaço dentro da competição e ir passo a passo”, declarou o defensor.

Já para o lateral-esquerdo Henrique Ávila, a equipe coral é uma das mais fortes na briga por uma das quatro vagas à Série B, mas não esconde que os alvirrubros largam em vantagem. “Se eu falar que não tem um time que não esteja à frente do nosso, vou estar mentindo. A gente sabe como está o rival, em uma crescente muito grande. Acompanhamos os jogos deles. Sabemos que é preciso melhorar muito e acredito que na Série C vamos chegar mais fortes. O acesso é o nosso objetivo principal e isso foi traçado desde quando chegamos ao clube”, ressaltou o ex-Náutico.

Com a folga no calendário, o técnico Júnior Rocha promete uma carga pesada de treinamentos, no estádio do Arruda, e projeta evolução. Inclusive, ele admitiu que o time precisa crescer mais em relação ao que rendeu até aqui. “Teremos 12 dias de alta intensidade, já que vamos precisar baixar o ritmo um pouquinho nos dias que antecedem o jogo. Iremos melhorar em todos os aspectos”, declarou.

Veja também

Eliminatórias: Confira datas e horários das próximas rodadas
Eliminatórias da Copa

Confira datas e horários das próximas rodadas

Jair ganha opções dentro do elenco do Sport
Sport

Jair ganha opções dentro do elenco do Sport