Elias e Luís Gustavo serão observados por Tite na Europa

O meia Paulo Henrique Ganso, do Sevilha, também deverá ser acompanhado pelo treinador

Ricardo Mello é jornalista e consultorRicardo Mello é jornalista e consultor - Foto: Divulgação

Após seis vitórias seguidas, a seleção só voltará a jogar em março de 2017. Até lá Tite pretende observar jogadores para o time. Na lista estão atletas que não foram chamadas pelo técnico para as vitórias contra Argentina e Peru. Tite já definiu com Edu Gaspar, coordenador de seleções, uma série de viagens pela Europa no final deste mês.
Portugal e Alemanha já foram definidos como destino. O treinador quer assistir em ação os volantes Elias, do Sporting, e Luís Gustavo, do Wolfsburg.

Além de ver os jogos, ele quer conversar com os atletas e seus comandantes. Tite também deverá seguir para a Espanha, Inglaterra e Itália. O meia Paulo Henrique Ganso, do Sevilha, também deverá ser observado pelo treinador.

"Quero acompanhar o maior número de atletas possível para ser justo", disse Tite.
Nesta quarta (16), o técnico admitiu que não "esperava" fechar o ano igualando a sequência de vitórias da seleção das eliminatórias da Copa de 70.

Ao bater o Peru, por 2 a 0, no Estádio Nacional, o Brasil venceu a sexta partida consecutiva e praticamente garantiu a classificação para o Mundial da Rússia. "Ainda não caiu a ficha ainda. Isso vai cair na sequência", afirmou o treinador, que só voltará a trabalhar com o time em março. "Não esperava e quero agradecer ao papai do céu bastante. Não sei se mereço isso", acrescentou.

Veja também

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius
Futebol

Náutico confirma contratação do meia Marcos Vinícius

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'
Manifestação

Defesa de Carol Solberg recorrerá de advertência por 'fora, Bolsonaro'