Em boa fase, Sport enfrentará um mandante irregular

Com seis derrotas em 15 jogos disputados em casa, o Guarani, próximo adversário do Sport, está longe de ser imbatível em Campinas

Guilherme foi destaque do Sport na Série BGuilherme foi destaque do Sport na Série B - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

A 31ª rodada da Série B foi inegavelmente benéfica para o Sport. Embora o líder Bragantino continue com seis pontos a mais do que o Leão, a equipe viu seus seguidores mais próximos se distanciarem na tabela. Hoje, o time está na segunda posição, com 56 pontos, seis a mais do que o Atlético/GO (3º colocado) e oito à frente do América/MG, o primeiro time fora do G4. O acesso parece questão de tempo. E os rubro-negros vão em busca de garanti-lo o quanto antes. O desafio seguinte será na próxima quinta-feira (31), contra o Guarani. O duelo é fora de casa, mas o escrete local é um dos melhores visitantes, enquanto o Bugre costuma tropeçar quando joga em seus domínios.

Leia também:
Sport perto de alcançar marcas históricas
Poder de reação é a marca do Sport no returno da Série B
Em ação conjunta, Sport se manifesta sobre óleo nas praias nordestinas
Sport pode ser o time menos derrotado em uma edição da Série B
Evolução na defesa coincide com melhora do Sport


Não é exagero dizer que, atualmente, o Sport seja a equipe que atravesse a melhor fase nesta Série B. Os números ajudam a corroborar essa tese. Os comandados de Guto Ferreira não perdem há oito jogos. Só tomaram um gol nas últimas quatro rodadas. De quebra, é o time que mais pontuou no returno da competição. Em 12 jogos, fez 25 pontos. Um aproveitamento de 69%. Não bastasse o bom momento, os rubro-negros também estão entre os melhores visitantes do certame. Em 15 partidas, o clube pernambucano venceu cinco vezes, empatou em oito ocasiões e só saiu derrotado em duas oportunidades. O que denota que os rubro-negros não sentem o peso de atuar longe do Recife.

Quanto ao adversário, a classificação no returno pode até passar a impressão de que o Guarani vive boa fase. Isso porque o time do interior paulista é o quarto melhor pontuador das últimas 20 rodadas. Mas as coisas não andam exatamente bem no lado verde de Campinas. Longe disso. A equipe vem em queda flagrante. Nas últimas cinco partidas, o Bugre só venceu apenas uma vez. E está há três rodadas sem sentir o gosto da vitória. Com 36 pontos e na parte de baixo da tabela, começa a flertar com o rebaixamento. Além disso, não é um mandante dos mais temíveis. Muito pelo contrário. De 15 duelos no Brinco de Ouro, os donos da casa ganharam oito, mas empataram um e perderam seis confrontos.

Para o treinador Guto Ferreira, o tempo de descanso que o Sport vai ter para o jogo contra o Guarani será essencial. A última vez que o time jogou foi na última quarta-feira (23), quando venceu o Paraná de virada, por 2x1. "É um tempo bom para a gente se recuperar, acertar detalhes. Esse é o melhor momento físico porque nos planejamos para isso, para crescer na hora certa. E o Sport está crescendo", afirmou o comandante rubro-negro, que não se contenta somente com o acesso à Série A. "Não posso dizer que nós vamos conquistar o título, porque, hoje, isso não depende de nós. Sonhos, nós temos, e não vamos medir esforços para conquistá-los", garantiu o técnico rubro-negro.

Veja também

Aliviado, Kleina vê vitória como fator para 'readquirir confiança'
Náutico

Aliviado, Kleina vê vitória como fator para 'readquirir confiança'

Sai, zica! Náutico encerra jejum e bate Oeste fora de casa
Série B

Sai, zica! Náutico encerra jejum e bate Oeste fora de casa