Violência

Em comunicado, Santa Cruz, Náutico e outros clubes se manifestam sobre ataque ao ônibus do Fortaleza

Clubes prestaram apoio ao Fortaleza e cobraram punições aos envolvidos

Pedra arremessada no ônibus do Fortaleza Pedra arremessada no ônibus do Fortaleza  - Foto: Instagram/Tinga

Na manhã desta quinta-feira (22), Santa Cruz, Náutico, Ceará, Bahia e Internacional soltaram um comunicado na rede social X, antigo twitter, sobre o ataque ao ônibus sofrido pela delegação do Fortaleza, após partida contra o Sport pela Copa do Nordeste. Os clubes repudiaram o ataque, prestaram apoio ao Tricolor do Pici e cobraram punições aos envolvidos.

Em comunicado oficial, o Santa Cruz manifestou profundo pesar diante dos atos violentos contra o Fortaleza. O clube também classificou o ataque como inaceitável e expressou solidariedade ao Tricolor do Pici.

 

O Náutico também se manifestou a respeito do episódio. Em comunicado, o Alvirrubro expressou solidariedade ao Fortaleza, classificou o episódio como "cenas barbáras" e exigiu punição exemplar aos envolvidos.

O Ceará, rival do Fortaleza, também abominou os ataques à delegação do clube, classificando o episódio como inadmissível e protagonizado por criminosos. Além disso, o Alvinegro se solidarizou com o Tricolor e diz que espera uma punição exemplar aos envolvidos.

 

Bahia e Internacional também se manifestaram contra o ataque à delegação do Fortaleza. O clube baiano disse que está ao lado do clube cearense na cobrança por investigação, enquanto o Internacional disse apoiar a união entre as equipes e repudiar qualquer tipo de violência.

Sport
Por meio de nota, o Sport também repudiou os ataques realizados ao ônibus da delegação do Fortaleza. O Rubro-negro se colocou à disposição para ajudar na apuração dos fatos e nas investigações, buscando identificar os envolvidos nesse ato criminoso.

 

 

Mais informações
Segundo informações do Fortaleza, seis jogadores foram encaminhados ao hospital. O goleiro João Ricardo foi ferido com um corte no supercílio e o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar sofreu uma pancada na cabeça, um corte na boca e um outro corte no supercílio. O lateral-direito Dudu, os zagueiros Titi e Brítez, e o volante Lucas Sasha foram feridos com estilhaços de vidro e tiverem que conter sangramentos.

João Ricardo e Gonzalo Escobar passaram por suturas, procedimento de recebimento de pontos cirúrgicos. O lateral-esquerdo também realizou exames de tomografia na cabeça, mas está bem e consciente. "Os demais atletas passarão por cuidados médicos para a retirada de estilhaços de vidro pelo corpo", informou o Fortaleza.

Os jogadores do Fortaleza receberam alta no começa desta manhã e já se juntaram à delegação do clube.

Veja também

Torcida faz festa no Ibirapuera, mas Bia Haddad abre duelo com Alemanha com derrota
Tênis

Torcida faz festa no Ibirapuera, mas Bia Haddad abre duelo com Alemanha com derrota

CBF desmembra tabela e Náutico conhece datas e horários de oito primeiros jogos da Série C; confira
Náutico

CBF desmembra tabela e Náutico conhece datas e horários de oito primeiros jogos da Série C; confira

Newsletter