Em crise, Real Madrid fechará janeiro sem contratar

De acordo com o jornal espanhol Marca, o presidente Florentino Pérez está de olho na janela de junho

Técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane Técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane  - Foto: BIEL ALINO / AFP

A janela de transferências do mercado europeu está prestes a fechar e o Real Madrid não realizou contratações mesmo em um panorama nada favorável. A agremiação merengue enfrenta um momento ruim no futebol: é a quarta colocada no Campeonato Espanhol e acabou eliminada nas quartas de final da Copa do Rei.

Segundo o jornal espanhol "Marca", um dos entraves na contratação de reforços foi justamente o técnico Zinedine Zidane. Os líderes do clube queriam contratar reforços com urgência diante da má situação, mas o treinador convenceu de que o atual elenco conseguiria reverter a crise.

Objetivos prioritários desde o início da temporada, Icardi e Alexis Sánchez não foram arrematados pelo Real Madrid. O chileno, inclusive, assinou um contrato com o Manchester United. David Luiz chegou a ser oferecido aos merengues em três ocasiões diferentes, mas em nenhum momento a negociação chegou a se encaminhar bem.

Ainda de acordo com o jornal "Marca", o presidente Florentino Pérez já está focado em junho. O mandatário que fazer tudo o que não conseguiu até o atual momento.

Veja também

F1 estreia em 2020 disposta a ressignificar padrões
Automobilismo

F1 estreia em 2020 disposta a ressignificar padrões

Leeds de Bielsa está cada vez mais perto de voltar a disputar a Premier League
Futebol

Leeds de Bielsa está cada vez mais perto de voltar a disputar a Premier League