Vôlei de Praia

Em final 'olímpica', Ana Patrícia/Rebecca vence primeiro torneio após retorno do vôlei de praia

A dupla bateu Ágatha/Duda, neste domingo (22), por 2 sets a 1, em etapa do Open

Ágatha/Duda e Ana Patrícia/Rebecca representarão o Brasil nos Jogos de TóquioÁgatha/Duda e Ana Patrícia/Rebecca representarão o Brasil nos Jogos de Tóquio - Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV

O primeiro evento da temporada 2020/2021 do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia Open foi especial em diversos aspectos. Primeiro, por marcar o retorno das competições de vôlei a nível nacional, com protocolos sanitário impostos pela pandemia da Covid-19, em uma arena no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). Segundo, pelo duelo “olímpico” que marcou a decisão do título, neste domingo (22). Ana Patrícia/Rececca (MG/CE) e Ágatha/Duda (PR/SE), duplas que representarão o País nos Jogos de Tóquio, foram as protagonistas da final. Como não poderia deixar de ser, um duelo equilibradíssimo, com Ana Patrícia/Rebecca levando a melhor por 2 sets a 1 (22/24, 21/17 e 15/12). 

Este foi o nono título da dupla em etapas Open do Circuito Brasileiro. Individualmente, Rebecca agora conta com 12 ouros, enquanto Ana Patrícia subiu ao lugar mais alto do pódio pela nona vez. Com o resultado, Ana e Rebecca abrem a temporada com 400 pontos e lideram o ranking geral, que define o campeão após a realização de todas as etapas.

“Apesar de todo esse tempo de pausa, os jogos foram duríssimos. Nossos jogos contra a Ágatha e a Duda são sempre muito esperados e duros, pois as duas equipes se conhecem muito bem, sempre é um bom espetáculo para o público. Quero agradecer muito o apoio de Ana Patrícia, que foi parceira o tempo todo", disse Rebecca.

A parceria chegou ao ouro na primeira etapa na retomada do vôlei de praia com campanha invicta. Foram cinco vitórias em cinco partidas, com apenas um set perdido, justamente na grande final. Ana Patrícia celebrou a regularidade da dupla.

“Estamos muito felizes. O jogo sempre é difícil contra elas. Estamos em um momento diferente e precisamos nos adaptar, esse retorno todo é muito difícil. Temos ainda que evoluir muito como time, mas o importante é que abrimos a temporada com um título”, disse Ana Patrícia.

O terceiro lugar no evento ficou com Talita/Carol Solberg (AL/RJ), que superou Josi/Juliana por 2 sets a 0 (21/19 e 21/14). A temporada continua na próxima semana, entre os dias 24 e 27 de setembro, também no CDV, com a primeira etapa do torneio Open masculino. 

Interação com o público
Mesmo sem contar com público presente em razão dos protocolos de segurança sanitária, as partidas não ficaram sem torcida. Alguns fãs do vôlei de praia tiveram a oportunidade de acompanhar as partidas por meio da “Arquibancasa”, um dispositivo virtual que permitiu aos espectadores interagirem com o animador e participarem de ações nos intervalos.

O sistema foi espelhado em telões na quadra central e trouxe mais animação e cores para a competição. Durante as partidas deste domingo, diversas personalidades do voleibol nacional participaram da torcida on-line, como o multicampeão Emanuel, a medalhista olímpica Virna, as gêmeas Michelle e Monique, Harley, Fernanda Berti, entre outros.

Os torcedores também puderam eleger as melhores em quadra de cada partida por meio de votação no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). Rebecca foi o destaque na decisão, e Carol Solberg foi a eleita melhor jogadora no duelo pelo bronze.

Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 47 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos aproximadamente de R$ 538 mil por etapa. A segunda etapa do Open, para homens e mulheres, acontecerá no próximo mês, também em Saquarema. 

Veja também

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana
Sulamericana

Bahia, São Paulo e Vasco conhecem adversários da Copa Sul-Americana

Com mais testes, elenco do Santa vai se pondo sob medida para o 'estilo Martelotte'
Santa Cruz

Com mais testes, elenco do Santa vai se pondo sob medida para o 'estilo Martelotte'