Racismo

Em jogo do Flamengo, brasileiros são vítimas de racismo e feridos por pedras e sinalizadores

É o quarto caso de racismo sofrido por clubes brasileiros na última semana, quinto no mês

Torcedor chileno realiza gestos racistas contra torcida do FlamengoTorcedor chileno realiza gestos racistas contra torcida do Flamengo - Foto: Reprodução/ Twitter

Durante a partida entre Flamengo e Universidad Católica, pela Libertadores, na noite da última quinta-feira (28), um torcedor da equipe chilena foi flagrado imitando um macaco em direção aos flamengusitas, em mais um episódio de racismo contra clubes brasileiros na competição sul-americana, o quinto em abril. Na mesma partida, uma criança e um idoso que estavam na torcida do Rubro-negro ficaram feridos após serem atingidos por pedras e cápsulas de sinalizadores arremessados por torcedores adversários. 

O Flamengo  relatou o acontecimento através de uma nota oficial em suas redes sociais, classificando como "lamentável" o ocorrido e cobrando um posicionamento da Conmebol. “Não aguentamos mais isso! Medidas severas precisam ser tomadas”, disse o clube carioca, em sua postagem no Twitter. 

O menino, que estava assistia o jogo junto com sua mãe, foi filmado chorando e com ferimentos no rosto, sendo auxiliado por funcionários e seguranças que trabalhavam no local. O idoso também sofreu um ferimento na cabeça e um corte no supercílio, após ser atingido por uma cápsula de sinalizador

Os casos de racismo contra clubes brasileiros se intensificaram no último dia 13, após um duelo entre Fortaleza e River Plate, da Argentina, no Monumental de Núñez em Buenos Aires. Na ocasião, um torcedor adversário jogou uma banana em direção a torcida do Leão do Pici. O clube argentino identificou o autor do ato racista e o baniu do estádio por sete meses. 

Na última terça-feira (26), torcedores do Red Bull Bragantino foram alvo de insultos racistas vindo da torcida do Estudiantes. Após o duelo, o vídeo do ocorrido circulou nas redes sociais e o clube paulista apresentou a denûncia junto à Conmebol, para que as ações sejam investigadas.  

No mesmo dia, em um jogo entre Corinthians e Boca Júniors na Neo Quimica Arena, um torcedor argentino foi detido por imitar um macaco, em uma tentativa de ridicularizar a torcida brasileira. O autor do ato foi detido por policiais e indiciado por injúria racial. Porém, foi liberado após pagar uma fiança de R$ 3 mil.

Na última quarta-feira (27), palmeirenses foram vítimas de racismo na partida contra o Emelec, no Equador. Torcedores equatorianos foram flagrados fazendo ofensas racistas contra um grupo de brasileiros. Em nota, o Alviverde se solidarizou com seus torcedores e chamou de "inaceitável" o episódio.

O Flamengo triunfou sobre a Universidad Católica por 3x2, jogo válido pela terceira rodada da fase de grupos, e ocupa a liderança do grupo H. O próximo compromisso será na quarta-feira (04), onde a equipe enfrentará o Talleres, da Argentina, às 19h.

Veja também

Justiça coloca Arruda e garagem de remo do Náutico à venda em leilão
Futebol

Justiça coloca Arruda e garagem de remo do Náutico à venda em leilão

Elano diz estar trabalhando constantemente para conseguir primeira vitória: "Estou morando no CT"
Náutico

Elano diz estar trabalhando constantemente para conseguir primeira vitória: "Estou morando no CT"