A-A+

Futebol

Em situações opostas na Série A, Sport e Fortaleza protagonizam clássico nordestino

Treinador explicou que tem buscado fazer alterações na formação tática para encontrar o melhor sistema no clube

Gustavo Florentín, novo treinador do SportGustavo Florentín, novo treinador do Sport - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife
Desde que chegou ao Sport, o técnico Gustavo Florentín tem buscado a formação ideal para ajudar o Leão a deixar a zona de rebaixamento da Série A do Campeonato Brasileiro 2021. Em quatro jogos à frente do clube, o comandante já mudou o esquema tático, testou algumas peças, mas ainda não conseguiu fazer os rubro-negros marcarem um gol sequer.  Ciente da dificuldade e prestes a enfrentar um clássico nordestino, no duelo perante o Fortaleza, domingo (26), na Arena de Pernambuco, o paraguaio admitiu que precisa “se adequar à realidade” das peças que tem à disposição para extrair o melhor. 
 
“Contra Inter, jogamos 25 minutos no 3-5-2. Depois, mudamos para o 4-3-3 nas outras partidas. Sabemos a dificuldade que temos para estabelecer um estilo de jogo mais dinâmico. Eu preciso me adaptar à realidade do elenco e às características dos atletas, identificando os problemas e as coisas positivas que existem no grupo”, afirmou.  O Sport ainda não venceu sob o comando do técnico, com um empate e duas derrotas, além e não balançar as redes há quase dois meses, possuindo o pior ataque do torneio, com apenas oito gols em 21 duelos. 

 
Diante do Fortaleza, Florentín explicou que não utilizará o volante Nicolás Aguirre e o atacante Vander, reforços que chegaram recentemente. O treinador explicou que a dupla ainda está aprimorando a parte física e só deve ficar à disposição para a sequência do Brasileirão na semana que vem. 
 
Na zaga, porém, não há mistério. Com Rafael Thyere suspenso, Pedro Henrique será o substituto. No meio, há a possibilidade de Gustavo ganhar espaço na equipe. “Ele teve uma semana muito boa nos treinamentos. É uma opção válida que estamos analisando. Ele melhorou muito e vamos tomar essa decisão no dia do jogo”, declarou.  
 
Relação com Juan Pablo Vojvoda
 
Essa não será a primeira vez que Florentín enfrentará uma equipe comandada pelo argentino Juan Pablo Vojvoda, técnico do Fortaleza. No ano passado, os treinadores se encontraram pela Liga Chilena. O agora rubro-negro treinava o Huachipato, enquanto o adversário estava no Union La Calera, que venceu o duelo por 3x0.
 
“Somos semelhantes quanto à intensidade, a querer um time ofensivo. Somos muito táticos também”, disse Florentín.  O Fortaleza é o quarto colocado do Brasileirão, com 33 pontos. O Sport é o 19º, com 17. 
 
Ficha técnica
Sport
Mailson; Hayner, Pedro, Sabino e Sander; Marcão, , Hernanes e Everton Felipe; Mikael, Tréllez e Paulinho Moccelin. Técnico: Gustavo Florentín.

Fortaleza
Felipe Alves; Daniel Guedes, Marcelo Benevenuto e Tite; Yago Pikachu, Éderson, Matheus Jussa, Lucas Lima e Lucas Crispim; Robson e Henriquez. Técnico: Juan Vojvoda

Local: Arena de Pernambuco (São Lourenço da Mata/PE)
Horário: 18h15
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ). Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Lilian da Silva Fernandes Bruno (ambos do RJ)
Transmissão: Premiere FC

Veja também

Após empate, Hélio reforça que ainda acredita em acesso
Futebol

Após empate, Hélio reforça que ainda acredita em acesso

Após início com falhas, Náutico reage, mas fica no empate diante do Vasco
Futebol

Após início com falhas, Náutico reage, mas fica no empate diante do Vasco