Em virada espetacular, Uninassau bate o Sampaio Corrêa

Pernambucanas venceram duelo contra maranhenses por 56x54 no returno da LBF

Jogo da UninassauJogo da Uninassau - Foto: Robson Neves/divulgação

A noite desta segunda-feira (20) não foi de um basquete espetacular. Mas, se tecnicamente o duelo entre Uninassau Basquete e Sampaio Corrêa/MA deixou a desejar, no aspecto superação o elenco pernambucano passou com louvor. As anfitriãs, que chegaram a estar perdendo por 16 pontos, protagonizaram uma virada espetacular no segundo tempo do jogo e venceram por 56x54 na primeira partida da segunda rodada dupla do returno da Liga de Basquete Feminino (LBF) 2016/2017.

A ala-pivô Raphaella Monteiro, cestinha do confronto, foi o principal destaque, chegando ao double-double (17 pontos e 13 rebotes). Pelo lado do Sampaio, a maior pontuadora foi a pivô Letícia, com 13 pontos. Nesta quarta-feira, Unanissau e Sampaio voltam a se enfrentar, às 20h, no Centro Esportivo Salesiano. Os ingressos serão vendidos novamente ao preço de R$ 5.

Jogo

O duelo em si foi tecnicamente fraco. A desorganização defensiva da Uninassau durante o primeiro tempo, por pouco, não significou uma derrota acachapante dentro de casa. Além de não ter conseguido se encaixar nesse setor, as donas da casa também não mostraram eficiência nas finalizações, principalmente nos dois primeiros quartos. Por conta desse baixo rendimento, tiveram que fazer um jogo de recuperação.

As maranhenses, que chegaram a ter amplo domínio das ações, pecaram por não terem aproveitado o momento de fragilidade da Uninassau. Venceram o primeiro tempo por 28x17 (15x8 e 13x9), mas podiam ter feito uma gordura maior, de fato que jogassem as últimas parciais apenas administrando o resultado.

Não fizeram e acabaram pagando caro por isso. Já no retorno para o terceiro quarto, a Uninassau mostrou uma defesa melhor estruturada. Melhorou também o jogo de transição e o calibre dos arremessos. Com isso, ganhou confiança e cresceu no último período. Ao impor mais dificuldades para o ataque adversário, as donas da casa forçaram mais erros do Sampaio, que se perdeu e foi dominado, sofrendo a virada literalmente nos últimos segundos.

“Todo mundo fala que basquete é defesa. E esse jogo é o maior exemplo. Quando elas focaram mais na defesa, conseguiram fazer o Sampaio errar mais, tirou as adversárias do jogo. Ganhamos uma partida. Agora é corrigir os erros para o jogo da quarta-feira”, disse o técnico da Uninassau, Roberto Dornelas.

Veja também

Ingressos da Olimpíada viram dilema para familiares de atleta e grupo de fãs
Olimpíada

Ingressos da Olimpíada viram dilema para familiares de atleta e grupo de fãs

Marta responde Bolsonaro após fala do presidente sobre futebol feminino
Polêmica

Marta responde fala de Bolsonaro sobre futebol feminino