Sport

Enderson celebra fim de sequência do Sport sofrendo gols: "era muito importante"

Antes do jogo contra o Atlético-GO, Leão havia sido vazado 12 vezes em seis partidas

Jordan voltou ao gol do Sport depois de quase quatro mesesJordan voltou ao gol do Sport depois de quase quatro meses - Foto: Rafael Bandeira/SCR

No empate com o Atlético-GO, na sexta-feira (10), na Ilha do Retiro, poucas foram as coisas que agradaram o torcedor do Sport. O placar zerado fez o Leão permanecer fora do G-4, agora faltando duas rodadas para o fim da Série B. Um fato, entretanto, pôde ser celebrado. Depois de mais de um mês, a zaga saiu de campo sem ser vazada. 

Antes do confronto com o Dragão, o Sport não havia sofrido gols pela última vez em 23 de setembro. Na oportunidade, goleou o Londrina, por 4x0, na Ilha. De lá para cá, foram 12 tentos tomados em seis jogos: Avaí (2), Ponte Preta (3), Juventude (2), Ceará (2), Chapecoense (1) e Mirassol (2). Nas partidas citadas, aliás, o clube saiu atrás no placar em todas. 

"A gente sofreu muitos gols nos últimos jogos, com exceção de hoje e do Londrina. A gente conversa, treina, fala, mas não conseguimos controlar tudo", pontuou o técnico Enderson Moreira.

Tais dados vinham incomodando o treinador. Não à toa, perante o Atlético-GO, Enderson optou por uma formação mais conservadora, no intuito de proteger a zaga. Assim, após cumprirem suspensão, Fábio Matheus e Felipe foram acionados ao lado de Fabinho na cabeça de área. Na lateral direita, Rosales foi acionado na vaga de Ewerthon. Além disso, no gol Jordan voltou a receber uma chance depois de quase quatro meses e não comprometeu a meta rubro-negra. 

"Estou tentando, a gente tem mudado, tem tentado outras formações, iniciar o jogo de outra forma. Era muito importante para a gente estancar um pouquinho a questão do número de gols sofridos. Todo jogo estávamos sofrendo muitos gols, buscamos alternativas", explicou o comandante leonino.

Com o empate na última rodada, o Sport chegou ao terceiro jogo consecutivo sem vitória e tem visto afunilar a briga para conseguir o acesso. Nesta terça, por exemplo, se Criciúma e Juventude vencerem Guarani e ABC, respectivamente, garantem vantagem sobre os pernambucanos por, pelo menos, mais uma rodada. 

“Estamos tentando a cada rodada modificar padrão, modificar forma, pra ver se a gente consegue nesta reta final voltar a vencer e ter aquela energia que a gente já teve”, completou o treinador.

Veja também

Náutico empresta atacante Tiago Massa ao América-MG
Futebol

Náutico empresta atacante Tiago Massa ao América-MG

Procuradoria do STJD solicita que Sport jogue sem presença de rubro-negros durante Nordestão
Futebol

Procuradoria do STJD solicita que Sport jogue sem presença de rubro-negros durante Nordestão