Promessa

Endrick demonstra preocupação com a imagem e afirma não gostar de baladas

O jogador de 17 anos é uma das principais novidades da última convocação de Fernando Diniz

Endrick treinando pela Seleção Brasileira Endrick treinando pela Seleção Brasileira  - Foto: Joilson Marconne / CBF

Já uma realidade no Palmeiras, o atacante Endrick, de apenas 17 anos, demonstra ter uma maturidade acima da média. Convocado pela primeira vez pelo técnico Fernando Diniz para os jogos contra Colômbia e Argentina, o jogador afirmou que se preocupa com sua imagem e evita baladas. 

"Pra ser sincero, eu odeio sair, odeio ir pra festa, balada… Gosto mais de restaurante, comer, sabe? Gosto mais de fazer coisas com a minha família. Não gosto de me envolver em polêmica, não gosto de fazer nada que vá sujar a minha imagem", iniciou.

"Eu gosto de estar sempre perto de pessoas que gostem de mim e eu agradeço a Deus por me dar essa mentalidade, porque, querendo ou não, se eu não tivesse uma mentalidade assim, eu teria me perdido, não vou mentir. Fui vendido pro Real Madrid, estou jogando no maior clube do Brasil, da América do Sul. É tudo pra um garoto se perder, mas eu tô na minha", concluiu Endrick, em entrevista à TNT Sports, na última terça-feira (14). 

A revelação do Palmeiras já foi vendida ao Real Madrid, mas só deve se apresentar na metade do próximo ano, quando completará 18 anos de idade. 

Endrick é um dos responsáveis pela recuperação do Palmeiras na Série A com nove gols na competição. O jovem pode estrear nesta quinta-feira (16), às 21h (horário de Brasília) contra a Colômbia

Veja também

Potência paralímpica, Ucrânia sofre com a guerra em meio à preparação para os Jogos de Paris
Paraolimpíadas

Potência paralímpica, Ucrânia sofre com a guerra em meio à preparação para os Jogos de Paris

Com lesão no joelho direito, Renzo vai passar por cirurgia e vira baixa por oito meses no Sport
Sport

Com lesão no joelho direito, Renzo vai passar por cirurgia e vira baixa por oito meses no Sport