Futebol

Enquanto Ceará quer enfrentar Sport a 100km de Pernambuco, Leão estuda mandar jogos no Arruda

Vozão também exige que a partida seja de portões fechados. Confronto está marcado para a Arena de Pernambuco, mas rubro-negros estudam atuar na casa do Santa Cruz

Torcida do Sport na Arena de PernambucoTorcida do Sport na Arena de Pernambuco - Foto: Ricardo Fernandes/Folha de Pernambuco

A definição do mando de campo da partida entre Sport e Ceará, na próxima semana, pelas quartas de final da Copa do Nordeste, ganha novidades a cada dia. Nesta terça (3), o Vozão fez um pedido ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para que o duelo, marcado inicialmente para ocorrer na Arena de Pernambuco, seja de portões fechados e distante 100 quilômetros do estado. 

Solicitando posicionamento de forma imediata, o Ceará indicou que a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) tenta "rebater a manifestação técnica do comando da Polícia Militar de Pernambuco', já que o órgão frisou recentemente que só poderá garantir "absoluta segurança" do confronto se o duelo ocorrer sem público. 

O posicionamento do órgão de segurança, inclusive, gerou surpresa por parte do Sport. "O clube compreende que os órgãos responsáveis por garantir a segurança de eventos como os carnavais de Recife e Olinda, que levam milhões de pessoas durante os dias de folia, também estão aptos a resguardar um público de 30 ou 40 mil pessoas em uma partida de futebol – conforme já ocorreu em diversas oportunidades recentes e mais longínquas, como a Copa do Mundo de 2014", declarou, em nota.

"Paralelamente a isso, o Sport reforça que também emprega centenas de agentes privados contratados para ampliar a segurança no estádio e no entorno da praça esportiva dentro do raio que lhe compete, a fim de promover um ambiente pacífico e contribuir junto aos órgãos públicos, vez que, na condição de associação desportiva, bem como no que estabelece o Estatuto do Torcedor, é o que lhe cabe quanto à segurança. O clube entende que o motivo de existir e competir está integralmente ligado à sua torcida – razão de absolutamente tudo. Assim, portanto, perde-se o sentido do jogo e do espetáculo entrar em campo sem tê-la ao lado sem nenhum motivo aparente ou justo", completou.

Arruda como opção?

O desgaste com o posicionamento da Polícia Militar, aliás, fez com que fosse ventilada a possibilidade de o Sport passar mandar os jogos no Arruda, casa do Santa Cruz, enquanto as reformas na Ilha do Retiro não terminam. A informação partiu inicialmente do repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal, e confirmada pela reportagem.

“Essa é uma hipótese. Só podemos fazer um planejamento se isso for definido de forma concreta. Quem define o local da partida é a Federação ou a Confederação e, assim que os dados fiquem disponíveis, veremos como o policiamento vai atuar. Se acontecer isso, vamos refazer o planejamento”, indicou o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Alessandro Carvalho.

Veja também

Sport fecha a contratação do volante Luciano, ex-Athletic-MG
Sport

Sport fecha a contratação do volante Luciano, ex-Athletic-MG

Zidane está a um passo de assinar como treinador do Bayern, diz jornal
Futebol Internacional

Zidane está a um passo de assinar como treinador do Bayern, diz jornal

Newsletter