Equipe praticamente definida para o Clássico das Emoções

Eutrópio não poderá contar com atletas que zeraram cartões

Recém-chegado, Pereira se coloca à disposição para ajudar como titular ou não do timeRecém-chegado, Pereira se coloca à disposição para ajudar como titular ou não do time - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

A partida contra o Belo Jardim, no meio da semana, serviu para o técnico Vinícius Eutrópio “zerar” os cartões de cinco atletas titulares, visando as semifinais do Campeonato Pernambucano. Com sucesso, todos forçaram a advertência, na partida vencida pelos tricolores por 4x0. Assim, no Clássico das Emoções de segunda-feira, novamente um time misto será colocado em campo. Dessa vez, no entanto, com a força máxima que o comandante coral tem a disposição. Ou seja, do time considerado principal, apenas as vagas em aberto contarão com jogadores reservas.

Não entrarão em campo contra o Náutico o goleiro Julio Cesar, o zagueiro Anderson Salles, o lateral-esquerdo Tiago Costa, o volante David e o atacante Thomás. Assim, no treino de sexta-feira, um esboço foi montado com, respectivamente, Jacsson, Bruno Silva, Roberto, Gino e Pereira. Na movimentação, algumas alterações foram feitas na equipe. André Luís, que até fez um gol contra o Belo Jardim, acabou revezando com o atacante Everton Santos, normalmente titular da equipe. O lateral direito Vitor também chegou a ser acionado. Gabriel Vallés ainda se recupera de incômodos na coxa esquerda. À disposição depois de serem desfalques nos cinco últimos jogos também por problemas na coxa, o volante Elicarlos e o meia Léo Costa figuraram entre os reservas e começam o clássico no banco.

A possibilidade em começar jogando foi comemorada pelo meia Pereira. Desde que chegou ao Arruda, sendo o último reforço a estrear na atual temporada, o atleta fez apenas quatro jogos com a camisa do Santa Cruz. Em uma oportunidade, foi titular. E ela aconteceu no encontro da volta contra o Itabaiana, no Arruda, vencida pelo corais por 1x0. Em outra partida, no último Clássico das Multidões, foi fundamental ao decretar o empate em 1x1, na Ilha do Retiro. "Cheguei há pouco tempo e estou muito motivado. Todo clássico tem um gosto especial. É normal a gente se motivar mais. E nesse jogo, queremos a vitória", disse o atleta.

A última rodada do Estadual será fundamental também para definir os confrontos das semifinais da competição. Apenas uma posição está definida: a do Salgueiro, como líder da primeira fase. Caso termine na quarta colocação, o Santa Cruz enfrentará o Carcará. Segundo segundo ou terceiro colocado, um clássico entrará no caminho dos tricolores. Diante disto, o discurso no Arruda é de não ter opção por adversário algum. "Não vamos escolher adversário. Não tem preferência. O nosso modelo de jogo é o mesmo independente do adversário. Pensamos assim", afirmou Pereira.

Veja também

Surto de covid-19 obriga Cabo Verde a desistir de Mundial de Handebol
Handebol

Surto de covid-19 obriga Cabo Verde a desistir de Mundial de Handebol

Náutico perde Djavan, mas ganha Rhaldney para jogo contra o Oeste
Futebol

Náutico perde Djavan, mas ganha Rhaldney para jogo contra o Oeste