A-A+

Erick e Ronaldo Alves podem ficar à disposição no amistoso do domingo

Jogadores ainda passarão por uma avaliação física para saber se terão condições de reestrearem com a camisa alvirrubra em 2020

Erick, atacante do NáuticoErick, atacante do Náutico - Foto: Léo Lemos/Náutico

O zagueiro Ronaldo Alves e o atacante Erick não entrarão em campo nesta quarta (8), contra o Treze, no Amigão, na primeira da série de dois amistosos que o Timbu fará contra os paraibanos na reta final da pré-temporada - o próximo será domingo (12), nos Aflitos. A dupla iniciou os trabalhos físicos no início de janeiro e será poupada. Porém, os alvirrubros não descartam contar com os atletas para o duelo da volta, o último antes da estreia oficial em 2020, contra o Sport, no dia 19 de janeiro, na abertura do Campeonato Pernambucano.

"Erick chegou em meio à temporada europeia. Ele parou no recesso do final do ano. Depois teve uma gripe, trabalhou muito pouco. É cedo para dizer se ele pode jogar no domingo contra o Treze nos Aflitos. Vamos ver ainda. Ronaldo estava jogando a Série A, depois teve férias e eu acho que ele precisa de um período maior", afirmou o técnico Gilmar Dal Pozzo.

Ronaldo, de 30 anos, volta para sua terceira passagem pelo Náutico. A primeira, entre os anos de 2011/2012, foi coroada com o acesso à Série A, além da boa campanha na elite nacional do ano seguinte. Ao sair do Timbu, o zagueiro retornou ao Internacional, jogando ainda por Criciúma e Avaí antes de regressar ao clube pernambucano, em 2015. Repetindo as boas exibições, o defensor foi vendido ao Sport por R$ 1,1 milhão. Depois de deixar o Leão, em 2018, Ronaldo Alves fechou com o CSA, jogando pelos alagoanos na temporada 2019, participando de 12 partidas. Pelo Náutico, ele tem ao todo 107 jogos disputados, com 13 gols marcados. O contrato com o clube é de dois anos.

Erick é outro velho conhecido do Náutico. Na primeira passagem pelo Náutico, ele disputou 39 jogos, marcando nove gols. Foi o destaque do clube no primeiro semestre de 2017, antes de ser vendido ao Braga/POR. Com poucas oportunidades no time principal lusitano, o atleta foi emprestado ao Vitória/BA, fazendo dois gols em 32 partidas. Neste ano, retornou ao futebol português para vestir a camisa do Gil Vicente. Pela equipe, o atacante jogou 11 vezes, sem balançar as redes.

Leia também:
Náutico encara Treze em reta final de preparação para 2020
A um passo do Náutico, Kieza é recebido com festa no Recife

Veja também

Ressaltando entrega dos atletas, Florentín lamenta resultado: 'Merecíamos ganhar'
Sport

Ressaltando entrega dos atletas, Florentín lamenta resultado: 'Merecíamos ganhar'

Atlético-GO vence o Galo por 2 a 1 e derruba longa invencibilidade do líder
Campeonato Brasileiro

Atlético-GO vence o Galo por 2 a 1 e derruba longa invencibilidade do líder