A-A+

Escândalo de apostas envolveria 135 tenistas, incluindo um Top 30

anal de televisão alemão ZDF e o jornal Die Welt divulgaram supostas fraudes nesta temporada da ATP

Quadra de tênis em Osaka, sede da Copa DavisQuadra de tênis em Osaka, sede da Copa Davis - Foto: Twitter/Copa Davis

Mais de 135 tenistas de diferentes países, incluindo um Top 30 da ATP, estão envolvidos em um escândalo de apostas fraudulentas, divulgaram nesta segunda-feira (16) o canal de televisão alemão ZDF e o jornal Die Welt. Segundo essas informações, a investigação se concentra na França, Bélgica, Espanha e Estados Unidos. Um Top-30, vencedor de três torneios ATP, estaria envolvido.

"Trata-se da rede de uma máfia armênia, que abrange sete países europeus e organiza fraudes em larga escala", disse Eric Ziscchop, vice-procurador geral da Bélgica, responsável pela investigação, ao ZDF.

O ZDF e o Die Welt fizeram contato com um jogador alemão envolvido, identificado como Max H. "Ele reconheceu que estava sujeito a um processo, mas não queria se manifestar publicamente", disse o canal de TV. A investigação está quase chegando a suas conclusões, que devem ser publicadas em alguns meses, segundo a mídia alemã.

Leia também:
Rafael Nadal ajuda Espanha a conquistar sua 6ª Copa Davis de tênis
Fora da elite do tênis, Brasil Open tenta reinvenção mais modesta

Veja também

Chateado com gols de bola aérea, Florentín lamenta postura contra Palmeiras: 'ficamos muito atrás'
Sport

Chateado com gols de bola aérea, Florentín lamenta postura contra Palmeiras: 'ficamos muito atrás'

Sport sai na frente, não consegue segurar pressão e sofre virada para o Palmeiras
Campeonato Brasileiro

Sport sai na frente, não consegue segurar pressão e sofre virada para o Palmeiras