CBLoL 2020: KaBuM! derrota Flamengo e leva título da 1ª etapa

Samurais venceram por 3x0 neste sábado (9) e levantaram a taça após dois anos

KaBuM!, campeã do CBLoL 2020 - 1ª etapaKaBuM!, campeã do CBLoL 2020 - 1ª etapa - Foto: Riot Games Brasil/Divulgação

Uma campanha histórica. A KaBuM! venceu o Flamengo por 3x0 neste sábado (9) e levantou o título do CBLoL 2020. No duelo virtual por conta da pandemia do coronavírus, os Samurais finalizaram uma trajetória de quase rebaixamento para serem campeões.

O início da primeira partida foi positivo para a KaBuM! na rota inferior. Com um duelo curioso de Miss Fortune/Sett contra Senna/Maokai, os primeiros abates saíram para os Samurais, que ditaram o restante da partida.

Com Alma do Oceano em apenas 25 minutos, cinco dragões conquistados e pouco mais de 30 minutos de partida, a KaBuM! saiu com a vitória no primeiro confronto. O destaque foi para o meio Tutsz, que de Azir fez boas iniciações e saiu com dois abates e quatro assistências.

Na segunda partida o Flamengo esboçou reação. Jogando para o topo, o caçador Filipe “Ranger” Brombilla, novamente de Graves, colocou maior pressão conseguindo dois abates logo no início.

Leia também:

CBLoL 2020: Flamengo e KaBuM! fazem final 1ª etapa neste sábado
CBLoL 2020: Redemption vence paiN e Vivo Keyd segue na liderança

No entanto, a KaBuM! começou a controlar objetivos, com dois dragões e arauto. Mesmo com mais abates para o Flamengo, a rota inferior continuava a crescer e os Samurais logo viraram a partida e fecharam o 2x0 aos 27 minutos.

No terceiro duelo, o Flamengo precisava da vitória para manter viva as chances de título. Com maiores iniciativas, o Rubro-Negro focou em objetivos, com Ranger novamente de Graves.

Mesmo jogando melhor, o Flamengo viu o Jayce de Parang crescer em abates e em recursos, o que acabou sendo um grande diferencial do meio para o fim da partida. Com o topo enorme, a KaBuM! fechou a partida aos 32 minutos para levantar a taça.

Desde 2018 que a KaBuM! não levantava a taça, quando venceu os dois splits naquele ano. Desta vez, com mudança de técnicos e uma equipe nova, incluindo o meio novato Arthur "Tutsz" Peixoto Machado, o time destronou os campeões de 2019. 

Veja também

Brasil disputa vaga na final do Pré-Olímpico de Basquete neste sábado
Basquete

Brasil disputa vaga na final do Pré-Olímpico de Basquete neste sábado

Sem lesionado Felipe, seleção faz treino de posse de bola antes de folga
Futebol

Sem lesionado Felipe, seleção faz treino de posse de bola antes de folga