ESL e DreamHack lançam circuito de Counter-Strike com US$ 5 milhões em premiação

ESL Pro Tour contará com os principais torneios da companhias no circuito do CS:GO

ESL Pro Tour é o mais novo circuito de CS:GO ESL Pro Tour é o mais novo circuito de CS:GO  - Foto: ESL/Divulgação

A ESL e a DreamHack anunciaram, nesta terça-feira (3), o novo ESL Pro Tour, um circuito de Counter-Strike: Global Offensive que contará com mais de vinte torneios e ligas. A nova competição do cenário trará um prêmio agregado de mais de US$ 5 milhões para 2020 em torneios em cinco continentes diferentes, tornando-o o maior e mais lucrativo circuito do mundo nos 20 anos de história do Counter-Strike.

O ESL Pro Tour combinará vários torneios da ESL e da DreamHack anteriormente desconectados em uma narrativa que se constrói para dois grandes campeonatos a cada ano. “O crescimento da ESL nos últimos anos nos levou a repensar o que estamos fazendo. Criamos alguns dos torneios de esports mais impressionantes do mundo, e chegou a hora de conectar os pontos em que o resultado é uma imagem maior que se encaixa melhor com a nossa visão para os esports”, diz o CEO da ESL, Ralf Reichert.

“Essa colaboração fornecerá um significado e um propósito mais profundos a todas as nossas propriedades, permitindo que os fãs tenham experiências mais emocionantes do que antes. Por outro lado, também representa uma oportunidade muito maior e mais atraente para os patrocinadores e a mídia se envolverem com o público do esports”, afirma o co-CEO da DreamHack, Marcus Lindmark.

A ESL e DreamHack impactam também no Brasil. Em 2018, por exemplo, foi realizado um torneio da companhia em solo brasileiro. “A ESL tem crescido muito nos últimos anos e é responsável por alguns dos grandes marcos do mercado de esports no país, como, por exemplo, o ESL One Belo Horizonte. O evento foi realizado em 2018, com início no mesmo dia da primeira partida do Brasil durante a Copa do Mundo e, mesmo assim, reuniu 11,5 mil pessoas por dia. Os fãs brasileiros de CS:GO ficarão muito felizes com as novidades que virão em breve para a região“, conta o CMO da Bad Boy Leeroy e CEO da ESL Brasil, Leo de Biase.

Leia também:
ESL anuncia terceira temporada do Intel Grand Slam
MIBR é derrotada pela G2 e se complica no StarLadder Berlin Major 2019
Team Liquid vence Vitality e conquista ESL One Cologne 2019 

Formato

Os torneios de ESL Pro Tour serão organizados nos níveis Challenger e Masters. O nível Challenger incluirá o DreamHack Open, a Mountain Dew League e o Campeonato Nacional da ESL. Essas competições servirão como uma plataforma para as equipes se elevarem aos torneios de nível Master.

A categoria Masters será em grande parte torneios de arena com US$ 250 mil ou mais em premiação financeira e ainda contará com as melhores equipes do mundo, como de costume. Alguns dos torneios selecionados são marcas conhecidas do público, como a ESL One powered by Intel, Intel Extreme Masters, DreamHack Masters e ESL CS:GO Pro League.

As equipes ganharão pontos no ESL Pro Tour Ranking e as melhores competirão em duas finais de Masters todos os anos nos maiores e mais assistidos torneios independentes do mundo de CS:GO: ESL One Cologne (Alemanha) e Intel Extreme Masters Katowice (Polônia).

Veja também

Novo primeiro-ministro japonês se diz "decidido" a sediar Jogos Olímpicos apesar da pandemia
Jogos Olímpicos

Novo primeiro-ministro japonês se diz "decidido" a sediar Jogos Olímpicos apesar da pandemia

Mundial de LoL 2020: INTZ estreia com derrota para a MAD Lions
Esports

Mundial de LoL 2020: INTZ estreia com derrota para a MAD Lions