Torneio de eSports paga mais que Libertadores ao campeão

The International, competição de Dota 2, atingiu valores recordes em 2017, ultrapassando torneios de futebol

The International, maior torneio de Dota 2 do mundoThe International, maior torneio de Dota 2 do mundo - Foto: Reprodução/Internet

Lances emocionantes, equipes do mundo todo, torcida vibrando e uma premiação alta. Poderíamos estar falando de qualquer competição esportiva. Uma Liga dos Campeões, Mundial de Vôlei, talvez? Na verdade, este é o cenário do The International, um dos maiores torneios de eSports do mundo. Em sua sétima edição, a maior competição do jogo Dota 2 atingiu premiação recorde, com cifras que batem as de torneios consolidados como Libertadores e até o Campeonato Brasileiro, no futebol.

Realizado desde 2011, o evento reúne as melhores equipes de Dota 2 (abreviação de Defense of the Ancients 2). O jogo do gênero Multiplayer Online Battle Arena (Batalha online, abreviado como MOBA), consiste em cinco jogadores de cada lado, que escolhem personagens para tentar destruir a base inimiga envolvendo estratégia em tempo real.

Leia também:
Atlético-PR entra para o mundo dos eSports
Torcida Gamer é lançado para unir fãs dos eSports
As vozes da emoção nos eSports
Um nordestino dos eSports no exterior

Anunciado em 2013, o Dota 2 já havia se popularizado anteriormente por conta de seu antecessor. Criado inicialmente como um modo de outro jogo, o Warcraft III, o Dota foi sucesso e acabou virando um game exclusivo, um dos mais jogados no mundo. Com mais jogadores, vieram as competições, que foram crescendo até virarem grandes eventos esportivos.

Temos como melhor exemplo o The International, que acontece todo ano em Seattle, nos Estados Unidos. Com uma arena lotada por quase 18 mil pessoas (local que já recebeu jogos da NBA), o evento bate recordes a cada ano, e em 2017 não foi diferente. Com início no último dia 2 e com final prevista para o dia 12 de agosto, o “TI7” conseguiu arrecadar pouco mais de 24 milhões de dólares para a premiação total.

A quantia, inicialmente colocada em 1,6 milhões de dólares pela Valve (desenvolvedora do jogo), teve este "salto" por conta da grande quantidade de fãs espalhados pelo mundo. Foram colocados à venda pacotes de itens especiais para o Dota 2, em diferentes níveis e diferentes preços, desde 10 dólares até o nível mais alto, que custa 37 dólares. Destes conjuntos à venda, 25% do dinheiro arrecadado é revertido na premiação, ajudando a tornar o cenário competitivo mais atraente para as agremiações e investidores.

Movimentação financeira diferente, que faz bonito frente a alguns torneios bem estabelecidos no esporte mundial. A Copa Libertadores, por exemplo, terá como premiação para o campeão de 2017 “apenas” 3 milhões de dólares, sem acumulação. Quem vencer o The International em 2017 levará para casa a quantia de aproximadamente 10 milhões de dólares, que representa 44% da premiação total.

Se compararmos com os números totais do Campeonato Brasileiro 2016, por exemplo, o TI7 leva vantagem nas quantias totais. Para o torneio futebolístico de maior expressão no país, R$ 60 milhões (dados do site GloboEsporte.com). Convertendo, a premiação do The International ultrapassará R$ 73 milhões.

São números que impressionam e colocam este evento do universo dos esportes eletrônicos como o de maior rentabilidade para as equipes que disputam o competitivo. Outros jogos populares, como o Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) e League of Legends (LoL), possuem também grandes premiações em diversos torneios, mas que não chegam perto do valor arrecadado pelo The International.

Veja também

Com franquias, CBLoL 2021 tem início neste sábado (16); veja um guia
Tecnologia e Games

Com franquias, CBLoL 2021 tem início neste sábado (16); veja um guia

Multicampeão, Daniel Dias anuncia aposentadoria após Jogos de Tóquio
Paralimpíco

Multicampeão, Daniel Dias anuncia aposentadoria após Jogos de Tóquio