Eliminatórias

Estreia do Brasil nas Eliminatórias não será mais na Arena de Pernambuco

Arena de PernambucoArena de Pernambuco - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

A estreia do Brasil nas Eliminatórias da Copa do Mundo 2022 não será mais na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata, Região Metropolitana do Recife. Inicialmente marcada para 27 de março, a partida contra a Bolívia será jogada no Maracanã, no Rio de Janeiro, em 4 de setembro, sem público. A informação foi divulgada pelo apresentador Galvão Bueno, no programa "Bem, Amigos", do canal por assinatura SporTV, nessa segunda-feira (6) e confirmada pelo Presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho.

"Houve uma conversa com as autoridades, Federação Pernambucana, Governo de Pernambuco. Houve essa preocupação, por muito respeito ao apoio que Pernambuco sempre deu nos momentos difíceis. Mas como existe a grande possibilidade de ser sem público, tem toda a estrutura do Maracanã, tem a Granja Comary para treinar a 1h de distância, todo mundo dentro do ônibus, com exames feitos", explicou o narrador esportivo.

Evandro confirmou a informação na manhã desta terça-feira (7). "Existe um prazo de 60 dias para confirmar o jogo com a Fifa. Por isso, sentamos e definimos que a partida não seria aqui no Recife. Não Faria sentido algum ter um jogo na Arena de Pernambuco sem público”, afirmou Evandro. 

A mudança de local é para controlar o deslocamento dos jogadores e delegação por causa da proximidade com a Granja Comary, local de treinamentos da Seleção. Por causa da pandemia de Covid-19, as datas Fifa de março, nas quais ocorreriam as primeiras rodadas das Eliminatórias, foram adiadas para setembro. 

O Presidente da FPF ainda confirmou que a Seleção voltará à Recife para fazer um jogo, posteriormente, pelas Eliminatórias. “O principal atrativo de Pernambuco são os torcedores e por isso já estamos conversando para fecharmos outra data para a Arena de Pernambuco”, disse.

Ainda não há definição sobre locais das rodadas seguintes das Eliminatórias. Inicialmente, o Brasil enfrentaria a Venezuela no Mané Garrincha, em Brasília; e a Argentina, em São Paulo. O Maracanã deve ser usado para a partida contra a Venezuela e a Arena Corinthians, por causa da proximidade geográfica do Rio de Janeiro com São Paulo, pode sediar o jogo contra a Argentina.

Veja também

Náutico contrata volante Antonio Bustamante
Futebol

Náutico contrata volante Antonio Bustamante

Na Arena, Sport perde para o Flu e amarga quinta derrota seguida
Brasileiro sub-20

Na Arena, Sport perde para o Flu e amarga quinta derrota seguida