Esportes

Estudo: Neymar é o segundo melhor driblador da Europa

Belga Eden Hazard, do Chelsea, é o líder nesse fundamento, com 75% de acerto por partida. O brasileiro tem 62%

NeymarNeymar - Foto: Franck Fife/AFP

Líder de tentativas de drible nas maiores ligas europeias, Neymar não é o melhor driblador do continente. Em levantamento feito pelo Football Observatory, grupo de pesquisa do Centro Internacional de Estudos Esportivos (CIES, sigla em inglês), divulgado nesta segunda-feira (26), o atacante do PSG ficou com a segunda colocação entre os jogadores que disputam os Campeonatos Inglês, Espanhol, Francês, Alemão e Italiano. O líder? O belga Eden Hazard, do Chelsea.

A metodologia adotada levou em consideração dois dados da empresa de estatísticas Opta Sports: tentativas de dribles e taxa de sucesso. Hazard é o único a se aproximar da ousadia de Neymar, líder isolado no ranking de tentativas, com 7,3 por jogo na França. O belga tenta 6,4 dribles por partida no Inglês e acerta 75% deles, contra 62% de Neymar.

Postos na balança, os números do jogador do Chelsea superam os do atleta do PSG, que é menos eficiente ao partir para cima da marcação adversária. Lionel Messi completa o pódio dos maiores dribladores da Europa, com 5,5 tentativas por jogo com 62% de acerto.

Leia também:
Neymar fará exames para saber tempo de recuperação
Pelé diz que Neymar já é o melhor jogador do mundo
Dificuldade para usar imagem de Neymar incomoda parceiros da CBF

Fora o trio, ninguém supera a barreira de cinco dribles por jogo, embora alguns jogadores que arriscam menos, como Moussa Dembélé, do Tottenham, tenham um aproveitamento superior aos líderes do continente.

A lista dos 100 maiores dribladores do futebol europeu ainda conta com os brasileiros Luiz Araújo (Lille), Malcom (Bordeaux), Willian (Chelsea), Philippe Coutinho (Barcelona), Alex Sandro (Juventus) e Allan (Napoli).

Veja também

Olimpíadas: relembre a melhor campanha do Brasil na história dos Jogos Olímpicos
Jogos Olímpicos

Olimpíadas: relembre a melhor campanha do Brasil na história dos Jogos Olímpicos

Andy Murray anuncia desistência do tênis na categoria simples em Paris
Olimpíadas

Andy Murray anuncia desistência do tênis na categoria simples em Paris

Newsletter