Etiene Medeiros e Joanna Maranhão tiveram o melhor rendimento do País na última temporada

Pernambucanas foram as atletas que mais lideraram rankings por provas

Joaquim Francisco (PSDB), ex-governador de Pernambuco, em entrevista à Rádio FolhaJoaquim Francisco (PSDB), ex-governador de Pernambuco, em entrevista à Rádio Folha - Foto: Caio Danyalgil/Folha de Pernambuco

 

Em termos de quantida­de, Pernambuco é um dos estados com me­nor índice de representação na natação de al­to rendimen­to do Brasil. O aspecto qualida­de, entretanto, merece desta­que, principal­mente na versão feminina da modalidade. As atletas que tiveram o melhor rendimen­to do País na temporada de 2016 foram as pernambuca­nas Joanna Maranhão, que compete pe­lo Pinheiros/SP, e Etiene Medei­ros, nadadora do Sesi/SP. Joanna encerrou o ano como a atleta que mais liderou rankings por provas, um total de oito, entre distân­cias em piscina longa e curta. Etiene foi a segunda, estabelecendo os melhores tempos em seis provas.

O diferencial de Joanna é a ver­satilidade. Uma das nada­doras mais completas da história da natação feminina brasileira, ela reina nas disputas de medley, além de competir bem nas provas de fundo. “O fato de eu nadar medley abre um leque maior de provas pa­ra explorar. O balanço dos rankings é um reflexo disso também”, comenta Joanna, que tem quatro participações olímpicas no currículo, chegou a anunciar a aposentadoria em 2014, mas retornou às piscinas pouco depois registrando resultados ainda melhores.

 

Aos 29 anos, Joanna viverá uma experiência diferente nes­ta temporada, uma vez que continuará nadando pelo Pinheiros/SP, mas a residência, agora, é em Minas Gerais, ao lado do marido, o judoca Luciano Corrêa. Todo mês, ela passará cerca de oito a dez dias em São Paulo, treinando com os colegas de equipe, e também participará de todos os campings de treinos realizados pelo Pinheiros. A agenda de competições de 2017 ainda não está definida. “Talvez eu faça uma etapa de maratona (aquática) em fevereiro, para testar e treinar. Vai depender se conseguirei entrar em forma em um mês”, disse ela, que retomou os treinos recentemente, após lua de mel.

Etiene, por sua vez, curte os últimos dias de férias antes de encarar o primeiro compromis­so oficial de 2017, que não se­rá competindo, mas falando das experiências vividas nos últimos anos. Nesta sema­na, ela realizará o primeiro swim camp da carreira, o “Nado Por Tudo”, que acontecerá no parque aquático do Sport, com a presença ainda do técnico dela no Sesi/SP e na seleção brasileira, Fernando Vanzella, do biomecânico Fabiano Teixeira, da psicóloga esportiva Cristiane Costa e do técnico do Sport Sadler Sulzberger. Nesta segunda-feira (9), ela postou nas redes sociais uma foto dos últimos detalhes para o evento, que começa nesta quinta-feira (12) e termina no sábado (14).

À frente do swim camp, ela tem como cartão de apresentação o bicampeonato mundial de piscina curta, o recorde mundial nos 50 metros costas em piscina curta, além do primeiro ouro da natação feminina em Jogos Pan-Americanos. Etiene é uma verdadeira pioneira em termos de conquistas mundiais para a natação nacional, e o evento abordará o trabalho por trás do sucesso alcançado.

 

Veja também

Brasileira Duda Amorim recebe prêmio de melhor da década
Handebol

Brasileira Duda Amorim recebe prêmio de melhor da década

Veja os melhores momentos da vitória do Lakers sobre o Milwaukee Bucks
NBA

Veja os melhores momentos da vitória do Lakers sobre o Milwaukee Bucks