Etiene Medeiros retorna com títulos no Paulista

Após quatro meses de molho após cirurgia, a pernambucana Etiene Medeiros voltou a competir e faturou quatro ouros

Pernambucana Etiene MedeirosPernambucana Etiene Medeiros - Foto: Satiro Sodré/SS Press/CBDA

A pernambucana Etiene Medeiros voltou a competir oficialmente neste final de semana, mais de quatro meses após passar por uma cirurgia para a retirada de um cisto sinovial no ombro direito, no Campeonato Paulista de Natação, disputado no Parque São Jorge (SP). E o retorno foi em grande estilo, com os títulos nos 50 metros livre (25s62) e 50 metros costas (28s99), além dos revezamentos 4x100 metros livre e 4x50 metros livre, com a equipe do Sesi/SP, clube pelo qual nada. 

“É muito bom estar de volta”, comemorou. “O ombro não dói e não doeu após esses dias do Paulista. Ainda sinto um pouco de limitação no alongamento, o que é normal nesse processo de recuperação. Oficialmente de alta na quarta-feira (13), está tudo normal já, vida nova”, acrescentou, com um sorriso no rosto ao sair da piscina após encerrar sua participação no Campeonato Paulista, no domingo (10).

Mais do que medalhas, cair na água da piscina do Corinthians representou uma nova etapa do trabalho de Etiene dentro do ciclo olímpico visando Tóquio 2020. “É um recomeço. Tem que ter um cuidado, criar uma sinergia boa para voltar com o passo a passo. Pós cirurgia encaramos tudo muito devagar. Essa volta aos treinos, às competições foi devagar. Competir oficialmente é diferente, é um clima diferente e estou muito feliz de estar retomando o ciclo de competições. Estou muito feliz e isso é o que importa”, comemorou.

Leia também:
Após quatro meses, Etiene Medeiros volta às competições
Etiene Medeiros faz doação a abrigo de cães no Recife
Etiene Medeiros passa por cirurgia em São Paulo
Etiene Medeiros ministra clínica de natação em Singapura

Nos últimos meses, o trabalho mental foi constante e essencial para garantir o equilíbrio de Etiene no processo de recuperação. Tão importante quanto a disciplina nas sessões de fisioterapia e de reforço muscular. “Em alguns momentos ficava a preocupação se o ombro voltaria ao normal, se sentiria alguma limitação. Mas, desde o momento que soube que precisaria fazer a cirurgia, sempre pensei positivo. Se eu não tivesse feito estaria com dor até hoje. Passou muito rápido, mais rápido do que eu imaginava e estar ao lado de pessoas de confiança cuidando de mim, do meu lado, foi essencial”, analisou a nadadora

“Algo que é muito importante nessa relação de atleta e treinador é a confiança. Dentro dessa recuperação, em alguns momentos, senti que ela poderia estar mais insegura por alguma questão e tentamos usar algumas estratégias para que ela acreditasse que tudo daria certo e vibramos em cada etapa conquistada”, reforçou o técnico da pernambucana há seis anos, Fernando Vanzella.

Os tempos feitos por Etiene no Paulista estão longe das melhores performances dela. Contudo, era esperado um ritmo mais cadenciado justamente por ser um retorno após cirurgia. Ela e Vanzella, agora, se preparam para embarcar para a Europa, no próximo domingo (17), para a disputa do Torneio Sette Colli, em Roma (ITA), seguido  do Open em Paris (FRA). "Nessas duas competições espero – e ela também – de estar alguns degraus acima, nadar uma final e quem sabe brigar por uma medalha, terminando essa temporada de piscina longa na Europa e abrir a temporada de curta, que é o principal objetivo, classificar para o Mundial de curta”, pontuou o treinador.

José Finkel

Embora esteja de malas prontas para a Europa, o foco principal de Etiene Medeiros, pelo menos por enquanto, é a disputa do Troféu José Finkel, no final de agosto. Isso porque o evento será seletiva para o Mundial de Piscina Curta que acontecerá no fim do ano, na China, entre os dias 7 e 11 de dezembro. “O Finkel será uma competição que valerá muita coisa, é seletiva para o Mundial. Nosso principal objetivo nesse momento é esta competição”, disse a atleta.

 

 

Veja também

Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial de Handebol
Handebol

Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial

Juíza acata pedido e Jonatan Gómez tem vínculo encerrado com o Sport
Sport

Juíza acata pedido e Jonatan Gómez tem vínculo encerrado com o Sport